Mais
×

Como fazer um parquinho para gatos com objetos cotidianos

Atualizado em 10 abril, 2017

Os gatos, especialmente aqueles mantidos dentro de casa, demonstram uma imaginação significativa, enquanto fingem perseguir e capturar presas. Ajude-os a exercitar tanto seus corpos quanto suas mentes proporcionando um ambiente onde possam brincar e interagir. Altere o parquinho ao longo do tempo, para enriquecer ainda mais a vida dos seus bichanos.

Instruções

Os gatos se entretêm com coisas simples, como uma caixa de papelão (Getty Images)
  1. Organize caixas como a base do parquinho de seu gato. As caixas usadas para venda de bananas na feira funcionam bem, desde que estejam limpas, pois cada caixa tem duas partes interligadas, para serem configuradas de várias maneiras. Além disso, as caixas de banana possuem entradas de ar e alças, que convidam as patas a tentarem alcançá-las, além de furos maiores nas partes superior e inferior, que tornam-se janelas de observação e portas, que têm espaço para a maioria dos gatos. Prenda-as de forma segura uma à outra, usando braçadeiras de plástico, especialmente ao empilhar as caixas, para dar ao gatinho a chance de escalar.

  2. Monte um parquinho temporário, ou uma extensão das caixas, usando sacolas de compras de papelão de supermercado vazias e limpas. Corte todas as alças, para evitar que a cabeça do gato fique presa. Coloque alguns sacos em pé e os outros deitados, para formar túneis. Corte a parte inferior de um ou dois sacos e interligue-os, para criar um túnel mais longo. Prepare-se para muita diversão e barulho!

  3. Forneça texturas a serem exploradas, colocando cestas de vime paras arranhar, ou tapetes de sisal em algumas caixas e sacolas, ou entre elas no chão. Prenda os tapetes de sisal nas laterais de uma caixa que tenha sido presa no lugar, para que o gatinho possa subir no ponto mais alto do parquinho para uma soneca.

  4. Amarre pedaços de fita de tecido, como gorgorão, de não mais do que 30 cm de comprimento, nas bordas superiores das caixas, para que elas oscilem convidativamente no caminho do gatinho. Agrupe algumas fitas, como as de lava-rápido, através de uma abertura maior, para fornecer brincadeira e privacidade.

  5. Coloque um cano curto, de ao menos 25 cm de diâmetro, em um ângulo como uma rampa de um nível do parquinho para outro. Espalhe tubos de papelão mais estreitos no chão, com presas que rolem, como bolas de pingue-pongue, próximas ou fixadas dentro dos tubos. Faça um corte em um tubo grande o suficiente para que uma pata alcance com facilidade, mas não grande o suficiente para que ele puxe a bola para fora.

Aviso

  • Evite pregos e parafusos ao construir o ambiente do seu gato, pois ele pode prender sua pele em saliências muito pequenas e sofrer ferimentos que podem infeccionar.
  • Não use laços de papel ou metálicos, ou qualquer plástico filme plano ou comprido para brincar com seu gato. Esses materiais podem ser rasgados e engolidos, porém o gato não poderá digeri-los, portanto podem causar severos problemas digestivos.
  • Alguns gatos adoram mergulhar em isopor de mudança, mas esse material pode ser perigoso para eles.

O que você precisa

  • 2 ou 3 embalagens de papelão resistente
  • Braçadeiras de plástico
  • Sacolas de papelão
  • Tesoura
  • Cestas de vime
  • Tapetes de sisal
  • Fitas de tecido
  • Tubos de embalagem
  • Bolas de pingue-pongue
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article