on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Partes de um manômetro

Atualizado em 17 abril, 2017

A medição de pressão é utilizada na vida moderna cotidiana. Ela é uma atividade normalmente necessária para verificação de pneus em um posto de gasolina, leitura do nível de pressão de água em um tanque e verificação de pressão arterial durante uma visita de rotina ao médico. Há pessoas que se perguntam como os manômetros realmente funcionam, e muito disso tem a ver com os componentes individuais que compõem o dispositivo.

As diferentes partes de um manômetro trabalham em sincronia para leituras precisas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Caixa

A caixa contém todas as partes móveis do medidor de pressão e protege os componentes contra danos. Elas podem ser feitas de uma variedade de materiais, dependendo das exigências de uso. Para aplicações industriais, as caixas têm que ser feitas de um material mais resistente, tal como polipropileno ou aço inoxidável, enquanto que as caixas para aplicações comerciais podem ser feitas de aço ou de alumínio.

Loading...

Tubo de Bourdon

O tubo de Bourdon é uma das partes mais importantes de um medidor de pressão, por ser o meio pelo qual a pressão é detectada. Também conhecido como o elemento de sensor, o tubo de Bourdon se flexiona quando é submetido à pressão. O movimento resultante é então transmitido para o ponteiro. Os materiais que formam o tubo de Bourdon dependem do meio de pressão que recebem. Um tubo de Bourdon de bronze ou latão é satisfatório para medidores de pressão que recebem ar, gás, vapor, água e outros meios não corrosivos. Para medidores de pressão projetados para lidar com meios corrosivos ou elementos que podem facilmente se solidificar ou criar resíduos sólidos, um selo de diafragma será incluído para proteção do tubo de Bourdon.

Ligação

Como o próprio nome sugere, a ligação conecta o tubo de Bourdon ao mecanismo de engrenagem. Como o tubo de Bourdon flexiona de acordo com a aplicação de pressão, a ligação transmite o movimento do tubo de Bourdon para o mecanismo de engrenagem para ativá-las.

Mecanismo de engrenagem

O mecanismo de engrenagem é o receptor do movimento do tubo de Bourdon e da ligação, e é a parte que controla o movimento do ponteiro. Cada engrenagem em um manômetro é calibrada para que o ponteiro seja movido corretamente. A classificação de precisão necessária para um manômetro determina a forma como o mecanismo de transmissão foi desenvolvido. Os indicadores de pressão que leem variações mais sutis de pressão requerem mecanismos de transmissão mais complexos.

Ponteiro, disco de medição, janela e anel

O ponteiro é a parte visível do medidor de pressão que você vê em movimento quando a pressão está sendo medida. Ele "lê" as medições, uma vez que aponta para as gradações ou incrementos no disco de medição. Esta parte está diretamente ligada e é controlada pelo mecanismo de engrenagem para indicar a pressão dentro da classificação de precisão do indicador. O mostrador contém as diferentes medições de pressão. Os discos podem especificar gradações de força como quilograma por centímetro quadrado, libra por polegada quadrada, atmosfera padrão, torr (mmHg) e outras unidades de pressão. A janela é feita de plástico transparente ou vidro. Ela serve como uma proteção para o ponteiro e para o mostrador, e fornece um meio pelo qual é possível visualizar as leituras de pressão.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...