Partes da rosa

Escrito por cheyenne cartwright | Traduzido por franciele gobi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Partes da rosa
As rosas se reproduzem assexuadamente, e possuem tanto partes femininas quando masculinas. (gros plan sur roses roses fuschia image by alain zanello from Fotolia.com)

As flores de um arbusto de rosas produzem sementes que se tornarão novos arbustos. Como todas as flores, as rosas possuem partes femininas e masculinas assexuadas. Cada parte da flor tem seu papel no processo de produção de sementes.

Outras pessoas estão lendo

Partes masculinas

Em todas as flores, as partes masculinas produzem grãos de pólen, que em seguida tornam-se céulas reprodutivas masculinas. De acordo com o Programa de genética e reprodução de rosas da Texas A&M University, horticulturalistas chamam a totalidade das partes masculinas de qualquer flor de estame. As partes individuais do estame são as anteras, que produzem pólen, e os filamentos, as hastes que sustentam as anteras.

Partes femininas

As partes femininas de uma flor abrigam os óvulos e conduzem os grãos de pólen para eles, para que sejam fertilizados e tornem-se sementes. A totalidade das partes femininas de uma flor é chamada de pistilo, cuja parte mais evidente é o estilete, uma haste longa e oca que cresce da base da flor. No topo do estilete está o estigma, onde os polinizadores, como pássaros e insetos voadores, depositam os grãos de pólen reunidos de outras plantas. Os grãos germinam, e então descem do estigma até o ovário, dentro do qual estão os óvulos, que por sua vez possuem as células do óvulo.

Partes assexuadas

As sépalas são as folhas verdes que cobrem as flores antes de elas desabrocharem. As pétalas, que são coloridas e perfumadas, atraem polinizadores para as flores.

Partes da rosa
Os agentes polinizadores são atraídos pelo perfume e pela cor das pétalas das flores. (bee image by Marek Kosmal from Fotolia.com)

Diferenças entre rosas e outras flores

Ao contrário de muitas flores, as rosas possuem múltiplos ovários ao invés de apenas um, então cada rosa pode produzir muitas sementes. Cada ovário possui seu próprio estilete. Todos os estiletes crescem após os estames, e cada estilete possui seu próprio estigma.

Além disso, em rosas, os ovários crescem nas laterais do pericarpo, uma estrutura tubular ou em formato de anel que produz as sépalas e os estames.

Reproduzindo rosas

Produtores de rosas utilizam seu conhecimento das partes das flores de rosa para ajudá-los a produzir novas variedades de rosas. Eles coletam o pólen de um tipo de rosa, utilizam-no para polinizar um tipo diferente de rosa e então deixam o ovário polinizado se tornar uma roseira. Posteriormente, eles extraem as sementes das roseiras, deixam-as secar, plantam-nas e esperam para ver os resultados de seus experimentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível