A partir de quantas semanas o batimento cardíaco de um feto pode ser detectado?

Escrito por kira mo | Traduzido por joão marcos lima medina rosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A partir de quantas semanas o batimento cardíaco de um feto pode ser detectado?
O período de detecção de batimentos varia dependendo do método utilizado (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

O batimento cardíaco fetal ocorre em uma frequência média de 120 a 160 batimentos por minuto, e se inicia cerca de 22 dias após o momento da concepção, que acontece por volta da quinta semana após o último período menstrual (UPM). O batimento cardíaco fetal pode ser detectado através de um Doppler fetal, ultrassons vaginais e abdominais, ou de um fetoscópio.

Outras pessoas estão lendo

Ultrassons vaginais

O batimento cardíaco fetal pode ser visto através de um ultrassom vaginal cerca de 6 semanas após o UPM (último período menstrual).

Ultrassom abdominal

Os ultrassons abdominais normalmente detectam o batimento cardíaco fetal por volta de 7 a 8 semanas de gravidez.

Doppler fetal

Um Doppler fetal pode detectar o ritmo cardíaco do feto no período de aproximadamente 12 semanas de gestação; entretanto, é possível ouvir o batimento cardíaco em mulheres que tem pouca gordura abdominal.

Fetoscópio

Por cerca de 20 semanas de gestação, um fetoscópio pode detectar um batimento cardíaco fetal. Quanto mais adiantada a gravidez, mais fácil será detectar usando este método.

Detecção tardia

Certos fatores como uma placenta anterior (uma placenta unida à parte dianteira do útero) e gordura abdominal interferem na detecção de batimentos cardíacos fetais, podendo atrasá-la por uma ou duas semanas, dependendo do tipo de interferência envolvido. Estes fatores, no entanto, não são um problema quando se utiliza a ecografia vaginal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível