Que tipo de peixes tropicais pode conviver com ciclídeos em um tanque?

Escrito por rena sherwood | Traduzido por andré prata
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que tipo de peixes tropicais pode conviver com ciclídeos em um tanque?
Os adultos de ciclídeos geralmente precisam viver sozinhos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Existem 2.000 espécies de peixes de água doce ou ciclídeos tropicais que se originaram na África e na América do Sul. As espécies mais populares incluem o oscar ou acará-grande, o Jack Dempsey e o peixe-anjo comum. A maioria das espécies de ciclídeos não se dá bem com quase qualquer outro tipo de peixe tropical quando na idade adula, mas tolera outros peixes quando eles são jovens e pequenos. É essencial que a investigação sobre cada uma das espécies seja feita antes de colocar qualquer peixe em um tanque com outros.

Outras pessoas estão lendo

Mesma espécie

Muitas espécies de ciclídeos só podem tolerar outros da mesma espécie. Eles podem atacar e, muitas vezes, até comer qualquer outro peixe. Essas espécies tendem a se tornar mais agressivas à medida que envelhecem e crescem mais do que qualquer outro peixe no tanque. Os ciclídeos muitas vezes podem crescer até 30 cm de comprimento. Seu tamanho deve ser levado em consideração quando se adiciona qualquer peixe a um tanque. Essa espécie inclui o discus, o acará festivo ou acará bandeira e os ciclídeos da Amazônia. Também não há garantia de que esses peixes se dão bem com outros de sua própria espécie. Eles são seres individualistas.

Plecostomus

Muitas espécies de ciclídeos que se originam na América do Sul aceitarão um limpa-vidro da América do Sul, o plecostomus ou "pleco". Há muitas espécies, mas a melhor é o plecostomus comum ou plecostamus hypostamus. Essa espécie pode crescer até aproximadamente 61 cm de comprimento, muito mais do que a maioria das espécies de ciclídeos. Os peixes também são cobertos por uma barbatana dorsal acentuada. Para os ciclídeos e os plecostomus coexistirem, eles precisam ser do mesmo tamanho. Deverá haver inúmeros esconderijos, como uma caverna, para os plecostumus.

Outros peixes

Escolher outros parceiros de tanque depende de qual espécie de ciclídeos está em seu tanque e do seu espaço físico. Quanto maior o tanque, mais chances de os peixes se espalharem e encontrarem o seu próprio território. Por exemplo, os ciclídeos africanos muitas vezes podem se dar bem com os tubarões colombianos, também conhecidos como tubarões prateados. Uma pequena variedade de bárbus-sumatranos, grandes espécies de tetra ou hatchetfish podem se dar bem com peixe-anjo, ciclídeos arco-íris ou ciclídeos jurupari da América do Sul.

Sem parceiros de tanque

Alguns ciclídeos não toleram qualquer outro peixe em seu tanque, mesmo que o peixe seja do mesmo tamanho que eles. Eles brigam ou comem qualquer outro peixe. As espécies conhecidas por serem solitárias incluem o oscar, o Jack Dempsey e o ciclídeo terror verde. Os ciclídeos que preferem o confinamento solitário são muitas vezes mais velhos e completamente crescidos. Mesmo que o ciclídeo tenha tolerado outros peixes quando era menor, assim que começa a se tornar agressivo, precisa ficar sozinho pelo resto de sua vida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível