Mais
×

Como perfurar mais orifícios para torneiras em uma bancada de Silestone após sua instalação

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

O Silestone é um tipo de quartzo resistente utilizado em bancadas. Diferentemente da pedra-sabão e alguns outros materiais, o Silestone é denso e difícil de ser penetrado, dificultando sua perfuração por uma broca comum ou chata. Para perfurar um orifício depois do Silestone ter sido instalado, serão necessárias uma broca diamantada e água para resfriar o acessório e a bancada, evitando rachaduras e danos na pedra.

Instruções

  1. Coloque a fita crepe sobre a bancada de Silestone. Coloque a broca sobre a fita e desenhe um círculo ao redor da broca utilizando uma caneta hidrográfica para criar uma referência visual.

  2. Coloque um círculo de argila plástica ao redor da área em um tamanho três vezes maior do que o orifício a ser perfurado. Crie um "muro" circular de argila sobre a bancada, de cerca de 7,5 cm de altura, para criar um "poço" no qual a água poderá ser despejada para resfriar a broca, conforme a bancada é perfurada. Encha o poço com água. Coloque um balde vazio sob ela para receber a água e os detritos do orifício.

  3. Posicione a broca diamantada dentro do círculo marcado sobre a fita crepe e comece a perfurar com cuidado através do Silestone. Não aplique muita pressão, pois a broca poderá escapar e danificar a bancada. Continue a perfurar através da peça até que o orifício tenha sido cortado.

  4. Retire a argila plástica e, com cuidado, raspe o material remanescente com uma espátula de plástico. Retire a fita crepe e limpe a bancada de Silestone com panos até secá-la. Instale a torneira seguindo as instruções do fabricante.

Dicas

  • Utilize óculos de proteção e uma mascára facial.

O que você precisa

  • Fita crepe
  • Caneta hidrográfica
  • Argila plástica
  • Água
  • Balde
  • Óculos protetores
  • Máscara facial
  • Furadeira
  • Broca diamantada
  • Espátula de plástico
  • Panos
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article