O que é perfusão periférica?

Escrito por adelaide damoah | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é perfusão periférica?
A temperatura do pé é um indicador de perfusão periférica (baby foot and thumb image by Robert Kelly from Fotolia.com)

A palavra perfusão em medicina relaciona-se com o fornecimento de sangue arterial rico em oxigênio e nutrientes para os tecidos,através dos vasos sanguíneos. A perfusão periférica analisa especificamente o fornecimento de sangue aos tecidos periféricos, isto é, nas extremidades do corpo, tais como os pés e as mãos. Monitorá-la em pacientes criticamente enfermos permite que a equipe médica e os cuidadores julguem os efeitos dos tratamentos e também uma intervenção precoce em caso de uma medição muito baixa da perfusão periférica.

Outras pessoas estão lendo

Por que é medido?

Por vezes, durante uma falha cardíaca e um choque circulatório acontece uma redistribuição para os órgãos vitais e para longe dos tecidos periféricos, resultando em uma perfusão periférica diminuída. Portanto, essa baixa pode ser um indicador precoce de insuficiência cardíaca ou choque, podendo permitir uma intervenção antecipada para socorrer uma vida.

Sinais clínicos de baixa perfusão periférica

Alguns dos sinais clínicos são: pele pálida, manchada e úmida, nas extremidades.

Oximetria de pulso

A perfusão periférica geralmente é medida a cada duas a quatro horas durante a permanência do paciente no hospital. Pode ser medida como a quantidade de oxigênio no sangue, calculada em forma de percentagem, se referindo a saturação do gás. Isso pode ser feito usando uma técnica chamada oximetria do pulso. Esta técnica mede a saturação de oxigênio no sangue utilizando luz infravermelha. O oxímetro geralmente é um pequeno dispositivo colocado sobre um dedo ligado a um monitor médico para que a equipe possa controlar a saturação do oxigênio. Ela é utilizada pela maioria dos pacientes criticamente enfermos e aqueles com trauma, tornando-se realmente um requisito obrigatório durante a cirurgia em alguns países.

Calor periférico

Quando o fornecimento de sangue diminui, o mesmo acontece com a temperatura da pele. Portanto, o calor periférico também é um importante indicador da perfusão periférica em crianças e recém-nascidos. O cuidador normalmente toca o pé (em intervalos regulares) do paciente para verificar sua temperatura.

Pesquisa sobre o calor periférico em adultos

Estudos em adultos demonstraram que existe uma correlação direta entre a temperatura do dedo do pé e a medida da perfusão periférica. De acordo com a revista Continuing Nurse Education, um estudo com 50 adultos provou que existe uma correlação direta entre ambos e foi capaz de prever as taxas de mortalidade com base na medição inicial da temperatura do pé.

Pesquisa sobre o calor periférico em crianças

O mesmo artigo passa a falar sobre a evidência do calor periférico como medida de perfusão periférica em crianças e afirma que, embora a literatura seja limitada, foram encontrados resultados semelhantes aos estudos com adultos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível