Mais
×

Perguntas bizarras de entrevistas de trabalho

Perguntas estranhas em entrevistas
Getty Images

Introdução

Há certas perguntas clássicas de entrevistas que podemos esperar, mas de vez em quando um empregador decide que quer ser mais esperto, perguntando uma questão absolutamente estranha. De acordo com a empresa de consultoria Michael Page, 2 de 5 candidatos terão de enfrentar essas questões quebra-cabeça aparentemente malucas (tipicamente de grandes empresas de tecnologia e financeiras, como o Google ou Goldman Sachs). Embora tais questões possam ser desagradáveis, na maioria das vezes os empregadores estão apenas tentando expor sua capacidade de resolução de problemas, habilidades de pensamento crítico ou capacidade criativa. Aqui listamos algumas das mais estranhas perguntas da vida real já feitas e sugerimos algumas respostas igualmente inteligentes.

Se você fosse encolhido ao tamanho de um lápis e colocado em um liquidificador, como você sairia?
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Número 15

"Se você fosse encolhido ao tamanho de um lápis e colocado em um liquidificador, como você sairia"? O que você precisa se lembrar para todos esses tipos de perguntas é que não existe uma resposta certa. O entrevistador está apenas testando sua criatividade e como você lida com um pouco de pressão. Uma pessoa criativa pode sugerir afrouxar a porca na parte inferior do liquidificador e sair pelo fundo. Uma pessoa mais prática poderia apenas colocar a mão no bolso, pegar seu telefone celular e pedir ajuda.

Se você pudesse ser qualquer super-herói, quem seria?
Getty Images

Número 14

"Se você pudesse ser qualquer super-herói, quem seria"? A coisa mais importante para se lembrar em qualquer pergunta na entrevista é o "porquê" por trás de sua resposta. Escolha qualquer super-herói, mas dê uma razão pela qual você gostaria de ser o Batman ou a Mulher Maravilha. Pense nos superpoderes que seu herói possui e explique por que você gostaria de tê-los e o que você poderia fazer com eles. Escolher ser o Batman pelo dinheiro que o Bruce Wayne tem poderia impressionar os meninos da Square Mile.

Quantos balões você pode caber nesta sala?
Ryan McVay/Digital Vision/Getty Images

Número 13

"Quantos balões você acha que podem caber nesta sala"? Dado que esta pergunta foi feita por um entrevistador no Google, ela provavelmente é um teste de matemática que requer algumas habilidades básicas de visualização e cálculo. Mas lembre-se de "pensar fora da caixa", porque o que o entrevistador realmente está procurando é uma resposta original para a resolução do problema. Em vez de estimar quantos balões poderiam caber em uma sala, pergunte ao entrevistador se eles são vazios ou cheios.

Uma maçã custa 20 centavos, uma laranja custa 40 centavos e uma toranja custa 60 centavos. Quanto é uma pêra?
Getty Premium Images

Número 12

"Uma maçã custa 20 centavos, uma laranja custa 40 centavos e uma toranja custa 60 centavos. Quanto é uma pera"? Esta questão está perguntando quanto você acha que custa uma pera em relação a uma maçã, laranja ou toranja. Ela está testando sua capacidade de julgar o valor de um item em qualquer mercado. Mais uma vez, dê as razões para sua resposta. Se você acha que custa 30 centavos, diga ao seu entrevistador (por exemplo) que é mais cara do que uma maçã porque foi importada de um clima mais ameno e é menos cara do que uma laranja dado o aumento recente do preço dela no mercado mundial.

Por que os bueiros são redondos e não quadrados?
Getty Premium Images

Número 11

"Por que os bueiros são redondos e não quadrados"? Esta é uma questão quebra-cabeça clássica que parece estranha, mas na verdade tem uma resposta muito simples e lógica. Se os bueiros fossem quadrados, não só não se encaixariam na dimensão de uma tubulação redonda de esgoto como também poderiam cair quando virados na diagonal. Caso encerrado.

Por que os seres humanos têm dois olhos?
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Número 10

"Por que os seres humanos têm dois olhos"? Esta é outra questão que pode ser explorada para mostrar sua imaginação e sua compreensão dos "fundamentos". No nível mais básico, ter dois olhos é extremamente importante para a visão 3D. Você poderia, então, levar isso para outro nível, explicando no contexto a necessidade da evolução para os dois olhos ao invés de um só... assim seu tatatataravô (x500) poderia ver um leopardo correndo atrás dele.

O que você pensa sobre anões de jardim?
Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

Número 9

"O que você pensa sobre anões de jardim"? Este poderia ser um simples teste sobre o seu senso de humor ou sobre os seus pontos fortes gerenciais. Pense sobre gnomos de jardim por um segundo. Cada anão tende a ter suas próprias habilidades exclusivas e podem receber atribuições dependendo do seu conjunto de competências. Você também pode dizer que acha que os gnomos são de confiança e ganhar alguns pontinhos extras.

Só me entretenha por cinco minutos, eu não vou falar
Getty Images

Número 8

"Só me entretenha por cinco minutos, eu não vou dizer nada". Eis uma proposta que diz muito sobre o entrevistador. Pode ser que ele seja muito preguiçoso ou sem imaginação para elaborar uma pergunta intrigante que faça sentido, então ele passa a bola para o candidato. Você pode escolher contar algumas piadas ou a história de sua vida em 350 segundos, mas talvez seja hora de você se fazer uma pergunta: você realmente quer trabalhar para esse cara?

Se você fosse um programa do Microsoft Office, qual você seria?
Sean Gallup/Getty Images News/Getty Images

Número 7

"Se você fosse um programa do Microsoft Office, qual você seria"? Esta é muito legal. Pense sobre o trabalho que você se inscreveu, no conjunto de habilidades que ele requer e depois escolha o programa relevante. Se for um emprego de matemática ou tecnologia, você pode querer escolher o óbvio e dizer Excel. Se você se candidatou para para um trabalho de marketing ou edição de imagens, pode chutar o PowerPoint.

Como você curaria a fome no mundo?
Getty Images

Número 6

"Como você curaria a fome no mundo?" Esta questão está testando o quão bem você vê o futuro enquanto aplica medidas específicas para a resolução de problemas. Aplicar tecnologias agrícolas eficientes e livrar o mundo da corrupção burocrática são duas sugestões simples. Alternativamente, você pode abordar a questão do ponto de vista utilitário, dizendo ao entrevistador que a fome no mundo é um mal necessário para manter a população sob controle... Aviso: você corre o risco de parecer um pouco sociopata.

Diga cinco usos de um grampeador sem grampos
Jeffrey Hamilton/Photodisc/Getty Images

Número cinco

"Diga cinco utilidades de um grampeador sem grampos". Encontrar usos diferentes para itens do cotidiano lhe permite ir além de sua "zona de segurança" e sugerir distintas funções para os membros de uma equipe. As respostas mais comuns incluem: remover grampos, peso de papel, aparelho de quebrar nozes ou martelo. Uma resposta espertinha pode ser usar o grampeador como garantia para um empréstimo, de modo que você pudesse comprar mais grampos.

Pepsi ou Coca-Cola?
David McNew/Getty Images News/Getty Images

Número 4

"Pepsi ou Coca-Cola"? Não é uma pergunta estranha entre amigos, mas quando você está sentado na frente de um cara sério em uma sala de entrevistas abafada pode pegar você desprevenido. Apenas lembre-se de escolher citando uma razão decente, em vez de apenas dizer que é gostoso. Se é uma entrevista de emprego na Pepsi, então não diga que é a Coca-Cola, e vice-versa.

Como os M&Ms são feitos?
Tim Whitby/Getty Images Entertainment/Getty Images

Número 3

"Como os M&Ms; são feitos"? Esta é uma questão notória entre empresas de tecnologia e design que querem testar a sua capacidade de compreender "como as coisas são feitas" e o processo de construção. Pense sobre o processo no estilo passo-a-passo. Esta pergunta provavelmente não é tão estranha quanto à dita obsessão de Ronald Regan em oferecer Jelly Beans para os hóspedes desavisados ​​no Salão Oval como um meio de testar seus traços de personalidade.

Se você fosse um tijolo em uma parede, qual tijolo você seria e por que?
Michael Blann/Digital Vision/Getty Images

Número 2

"Se você fosse um tijolo em uma parede, qual tijolo você seria e por quê"? Ao contrário do que o Pink Floyd nos quer fazer crer, um potencial empregador não está à procura de mais um tijolo no muro. Cada tijolo é diferente e o que você escolher ser pode permitir ao entrevistador saber se você se encaixaria na empresa. Você se considera uma "pedra angular" e vital para o futuro da empresa? Ou você é ambicioso e quer ser um tijolo no topo?

Em uma escala de 1 a 10, o quão estranho você é?
Getty Images

Número 1

"Avalie em uma escala de 1 a 10 o quão estranho você é." Ser estranho pode não ser uma coisa tão ruim quando tomamos o significado de estranho como único. Sua resposta vai depender da cultura corporativa da empresa e se eles valorizam o fator "estranheza". Não confunda ser estranho com ser socialmente inepto e certifique-se de deixar o entrevistador saber que você sabe a diferença. Uma resposta estranha pode ser 8,6134 ou, citando Spinal Tap, "11​​, porque é mais um".