Perigos de se misturar produtos termogênicos e realçadores

Escrito por elyse gibbons | Traduzido por guilherme rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Perigos de se misturar produtos termogênicos e realçadores
Cuidado ao misturar produtos termogênicos com aditivos nutricionais (Comstock/Stockbyte/Getty Images)

Muitos suplementos nutricionais não devem ser consumidos juntos. Muitos suplementos, quando combinados, podem causar efeitos colaterais negativos. Produtos termogênicos são geralmente usados como um suplemento para a perda de peso, enquanto os aditivos corporais são ingeridos para ajudar a fornecer energia para todas as células do corpo, principalmente as musculares. Ambos aditivos podem parecer seguros, mas misturar alguns deles pode trazer efeitos nocivos. Alguns dos efeitos colaterais são palpitações do coração, insuficiência cardíaca, aumento do tamanho do coração e derrame.

Outras pessoas estão lendo

Efedrina e L-carnitina

Evite misturar efedrina e L-carnitina. A efedrina é uma amina simpatomimética muito usada para queimar gorduras por causa de suas propriedades estimulantes e inibidoras de apetite. A L-carnitina é feita de carnitina, um composto quaternário de amônio biossintetizado a partir dos ácidos lisina e metionina. Ela é usada como um aditivo porque é necessária para o transporte dos ácidos graxos do citosol para a mitocôndria durante a quebra das gorduras na síntese de energia metabólica. Para queimar esta gordura quando se toma efedrina, o corpo do usuário está transformando as calorias em calor, e não armazenando-as como gordura. No entanto, para o corpo iniciar este processo, ele precisa aumentar o ritmo cardíaco. A L-carnitina também aumenta o ritmo cardíaco para transferir ácidos graxos nas membranas celulares para a mitocôndria, onde podem ser usadas como energia. Então, se um usuário ingere ambos os suplementos no mesmo ciclo, o risco de um ritmo cardíaco ainda mais elevado e prejudicial é plausível. A arritmia cardíaca geralmente não traz problemas para o coração em si. Pacientes com um ritmo cardíaco muito intenso durante um período de tempo prolongado correm o risco de desenvolver o aumento do músculo cardíaco e falha do coração, no entanto. Também pode haver o aumento do risco de um derrame devido à coagulação que pode se formar em associação à fibrilação atrial.

Efedrina, cafeína e ioimbina

Evite misturar suplementos à base de efedrina, cafeína e ioimbina. Como mencionamos, a efedrina é um estimulante e inibidor de apetite. A cafeína pode ser encontrada na maioria dos suplementos que queimam gordura porque ela atua como um estimulante do sistema nervoso central. A ioimbina é um estimulante alcaloide e afrodisíaco. Em estudo feito em 1998, quando pessoas acima do peso e obesas tomaram uma combinação de efedrina, cafeína e ioimbina e fizeram exercício, os médicos descobriram que a combinação destes suplementos aumentava a pressão sanguínea e o batimento cardíaco, e reduziam a eficiência do coração. Portanto, havia uma maior carga sobre o coração durante o exercício, o que poderia levar a um ataque cardíaco ou derrame. No entanto, quando os suplementos foram consumidos isoladamente, não houve nenhum efeito sobre o funcionamento do coração.

Creatina e cafeína

Evite misturar creatina e cafeína. Uma vez dentro das células musculares, uma proporção de creatina se transforma em fosfato de creatina. Acredita-se que altos níveis de fosfato de creatina aumentam a capacidade de trabalho dos músculos, porque dão a eles uma fonte instantânea de energia, negando o ácido que causa a fatiga e que se acumula durante exercícios de alto impacto, e diretamente estimulam a contração de proteínas musculares. A creatina também causa a retenção de água dentro da célula muscular. A cafeína é encontrada na maioria dos suplementos que queimam gordura e que fazem a pessoa urinar com frequência. Com isso, quem consome creatina precisa beber mais água, mas ao mesmo tempo, é possível que esta pessoa urine mais. O resultado final é uma desidratação grave e cãibras musculares.

Efedrina e pró-hormonais

Evite misturar efedrina (ou qualquer produto que queime gordura) com pró-hormonais (ou qualquer aditivo corporal). Uma combinação de efedrina, cafeína e ioimbina aumenta a palpitação do coração. Nas últimas duas décadas, pró-hormonais também têm sido usado por fisiculturistas e atletas que querem os benefícios de esteroides anabolizantes sem os riscos legais, e para atingir os benefícios esperados ou vantagens sem o uso destas substâncias. Os pró-hormonais funcionam muito bem se tomados sozinhos, mas os níveis de testosterona aumentam. Um dos efeitos colaterais negativos dos pró-hormonais é o aumento da agressividade. É comprovado cientificamente que quando homens e mulheres ficam mais agressivos, os níveis de testosterona aumentam. O aumento da testosterona (por um pequeno ou grande espaço de tempo) aumenta o batimento cardíaco. Os médicos costumam dizer que nunca é bom tomar ao mesmo tempo dois produtos que aumentam o batimento cardíaco, e neste caso, os dois produtos são os queimadores de gordura e o aditivo pró-hormonal. Pacientes com um batimento cardíaco muito elevado correm o risco de insuficiência cardíaca e derrame.

L-carnitina e ioimbina

Evite misturar L-carnitina e ioimbina. A L-carnitina aumenta o ritmo cardíaco. Agora, adicione a ioimbina, que tem um grande impacto sobre os níveis sanguíneos de noradrenalina (um neurotransmissor produzido por algumas terminações nervosas e pela glândula adrenal). A ioimbina estimula o sistema nervoso central, o que também aumenta o ritmo cardíaco em repouso. Novamente, dois ingredientes que podem aumentar o batimento cardíaco podem levar a ataques do coração ou derrames.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível