Os perigos de usar painéis de MDF

Escrito por david lipscomb Google | Traduzido por marina vidal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os perigos de usar painéis de MDF
O desbaste do MDF libera substâncias tóxicas (NA/AbleStock.com/Getty Images)

O MDF (placa de fibra de média densidade) é um material muito usado em trabalhos de marcenaria. Ele é usado em quase tudo, desde móveis até em caixas de alto falantes, e é feito de uma mistura de serragem com uma resina com base de formaldeídos. O que faz o MDF ser rígido e resistente é também o que o torna um perigo potencial para a saúde. Evite esses riscos tomando as medidas necessárias para minimizar a contaminação pelas substâncias liberadas pelo desbaste do MDF.

Outras pessoas estão lendo

Formaldeído

A cola usada para unir as partículas que formam o MDF é feita de um formaldeído à base de ureia ou fenol. Por ser reconhecido como causa de irritações respiratórias, desde 2011 o seu uso só é permitido em quantidades pequenas durante o corte ou desbaste do MDF. Além disso, o formaldeído também é considerado um cancerígeno em potencial, fato que torna ainda mais importante o controle da sua liberação no meio ambiente.

Partículas finas

A poeira do MDF é extremamente fina, e exige cuidados em relação à sua inalação. A poeira liberada durante o processo tradicional de desbaste se parece com um pó fino. Esse pó também é considerado cancerígeno por grupos como a Organização Mundial de Saúde e a Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer (IARC), por isso, deve ser mantido em níveis mínimos quando esse tipo de material for trabalhado.

Flamabilidade

A composição do MDF faz com que a sua poeira residual se torne um risco de incêndio caso seja negligenciada. Oficinas que trabalham com MDF com frequência precisam tomar as providências necessárias para descartar essa poeira de maneira correta e evitar que pilhas dela se formem embaixo dos equipamentos de corte. As resinas à base de formaldeídos e as partículas de madeira juntas formam um composto altamente combustível. Além disso, por ser extremamente fino, esse pó cheio de resina pode migrar facilmente para dentro de eletrônicos, sistemas de aquecimento e resfriamento e ferramentas que usam chamas ou calor.

Atenuação

Quando houver exposição frequente à poeira do MDF, é importante usar máscaras capazes de filtrar partículas finas. Além disso, é aconselhável o uso de um sistema de ventilação no local. Esse tipo de sistema puxa as partículas geradas pelas ferramentas de desbaste para longe do ambiente de trabalho, o que ajuda a afastar os gases tóxicos do trabalhador. Outra opção é o uso de MDF com baixa emissão, que é mais caro, mas é uma alternativa caso as outras opções de proteção não sejam viáveis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível