A permetrina é letal quando utilizada no tratamento da escabiose?

Escrito por john brennan | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A permetrina é letal quando utilizada no tratamento da escabiose?
Os sintomas da escabiose incluem coceira intensa, o que geralmente torna-se pior à noite (stop scratching that sign image by robert mobley from Fotolia.com)

A escabiose é uma infecção dermatológica comum e contagiosa causada por pequenos ácaros que depositam seus ovos na pele. As larvas emergem, acasalam e, em seguida, depositam seus ovos sobre a pele, repetindo o ciclo. Essas infecções são muitas vezes tratadas através da aplicação de um produto químico chamado permetrina, o qual também é utilizado como um pesticida e que é geralmente considerado seguro para o tratamento da escabiose.

Outras pessoas estão lendo

Creme de permetrina

Os cremes de permetrina prescritos para tratar a sarna são geralmente formulações compostas de 5% que são aplicadas uma vez por semana, durante duas semanas, para tratar a doença. Esses cremes às vezes podem causar efeitos colaterais leves como coceira, ardor ou picadas; como com outros medicamentos, é possível que as reações alérgicas graves possam ocorrer em casos raros.

Mecanismo de ação

Embora a permetrina seja um produto químico sintético, em estrutura e propriedades, se assemelha a alguns compostos naturais chamados piretrinas que estão presentes em plantas como crisântemos. A permetrina é um inseticida que age como uma neurotoxina em insetos. Ela se liga a canais de sódio dependentes de voltagem, poros microscópicos nas células nervosas, para interferir com a transmissão de impulsos nervosos, causando paralisia e morte em insetos que ingeriram a substância. Nos seres humanos, na maioria das aves e mamíferos, porém, a permetrina não apresenta os mesmos efeitos.

Toxicidade

A permetrina é pouco absorvida através da pele humana; além disso, o fígado humano divide-a de forma muito eficiente, portanto, é rapidamente metabolizada e excretada. Ela não é recomendada para o uso interno, nem deve ser aplicada sobre os olhos ou o interior do nariz, boca ou genitais. De acordo com a Mayo Clinic, o creme de permetrina 5% é geralmente considerado seguro para adultos de todas as idades, incluindo mulheres grávidas ou que estão amamentando. Não há relatos de mortes associadas a esse tratamento.

Carcinogenicidade

De acordo com as informações de registro da EPA sobre a permetrina, a substância foi classificada como "provavelmente cancerígena para os seres humanos", se consumida por via oral, embora apenas fracamente cancerígena. A agência com baseou-se para a avaliação em provas de carcinogenicidade fraca em altas doses em camundongos e ratos. Esses efeitos podem ser específicos para as espécies, no entanto. Nos seres humanos, o creme de permetrina é aplicado sobre a pele em vez de ser ingerido e é mal absorvido.

Considerações

A permetrina é tóxica para peixes e gatos; se você tem um gato, não trate-o com permetrina. Seus efeitos não têm sido amplamente estudados em crianças com menos de 2 meses de idade, por isso não é normalmente receitado para pacientes nessa faixa etária. A evidência disponível, no entanto, sugere que creme de permetrina de 5% é seguro para o tratamento da escabiose em seres humanos de outras faixas etárias, incluindo mulheres grávidas e que estão amamentando. Se você tem alguma dúvida sobre a segurança de um tratamento particular, a melhor pessoa para consultar é o seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível