Como pescar peixes de água salgado na costa

Escrito por james clark | Traduzido por julio vizo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como pescar peixes de água salgado na costa
Você não precisa de um barco ou de um capitão (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A pesca com anzol não é muito melhor do que a pesca na costa de peixes de água salgada. Você não precisa de um barco ou um capitão. O equipamento é fácil de usar e relativamente barato. Quase todo mundo consegue pescar perto da arrebentação. Você desfrutará do nascer ou pôr do sol no oceano sem nenhum custo extra. Há também espécies abundantes de peixes brigadores e deliciosos de pescar, incluindo linguado, truta do mar, robalo listrado, bodião e a anchova. Leia mais para ter dicas e aprender técnicas de pesca na costa do oceano.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Vara e molinete médio para água salgada
  • Linha de teste de 6 a 9 kg
  • Anzóis
  • Terminais
  • Chumbadas pirâmides de 28 a 50 g
  • Iscas artificiais
  • Iscas vivas
  • Licença de pesca em água salgada

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre uma tabela de marés (disponível em lojas de pesca) e planeje sua pesca na arrebentação entre as marés alta e baixa, quando as iscas vivas estão mais ativas. Uma hora antes e uma hora após cada mudança de maré é um bom momento para pescar na arrebentação.

  2. 2

    Prenda um anzol duplo a linha principal e coloque chumbada de 28 a 50 gramas na parte inferior, em seguida, ponha isca viva nos dois anzóis. Tiras de lula e pedaços de camarão são eficientes para linguado e truta. A anchova e robalo listrado, e panfish, bem como corvina, vão mordiscar as iscas ensanguentadas.

  3. 3

    Fique em posição, colocando o seu pé direito para a frente e apontando-o para o seu alvo (se você pesca com a mão direita). Ou coloque o pé esquerdo para a frente, se você preferir lançar com a mão esquerda. Independentemente da forma como você pesca, o pé plantado para frente na areia deve estar no mesmo lado do corpo, como a mão controlando o molinete.

  4. 4

    Plante seu outro pé para trás na areia a fim de deixá-lo em um ângulo de 30 a 45 graus com os pés abertos um pouco mais do que a largura dos ombros. Mova os joelhos algumas vezes para verificar o seu equilíbrio até que você tenha encontrado uma posição confortável.

  5. 5

    Levante a vara de pesca acima e atrás da sua cabeça até que ela esteja paralela a areia.

  6. 6

    Escolha o seu local para lançar o anzol, que deve ser logo atrás da arrebentação onde as iscas de peixe ficam durante a mudança da maré, para potencializar o trabalho da vara de pesca.

  7. 7

    Gire a vara sobre a cabeça, liberando a linha quando a ponta estiver apontada para o local que você tenha escolhido para lançar.

  8. 8

    Dê um tempo para os terminais afundarem e encostarem no fundo do mar. Você vai sentir um leve puxão quando a chumbada pirâmide atingir o fundo.

  9. 9

    Puxe a linha recolhendo e parando, contraindo a ponta da vara com freqüência para trazer a isca para a superfície para ajustá-la e lançá-la novamente.

Dicas & Advertências

  • Não vá tão longe na arrebentação ao ponto de não conseguir controlar seu molinete na água. Isso não só ajuda a preservar o seu equipamento de exposição desnecessária à água salgada, mas também é uma boa prática de segurança para que você não perca o equilíbrio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível