Qual é o pH do ácido gástrico

Escrito por nancy drummond | Traduzido por marcelo salzedas ricci
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é o pH do ácido gástrico
Gastrites e úlceras são as complicações mais comuns relacionadas ao ácido gástrico (Pixland/Pixland/Getty Images)

O ácido do estômago, também conhecido como o ácido gástrico, é o primeiro agente digestivo do corpo. Segundo o Dr. Ronen Arai, escrevendo para YourTotalHealth.com, diz que ácido do estômago é produzido "para ajudar a quebrar os alimentos e melhorar a digestão". O ácido do estômago é mais eficaz quando se tem um nível de pH baixo, tornando-se altamente ácido. Um pH incorreto e níveis anormais de ácido podem levar a complicações médicas, incluindo refluxo, úlceras e gastrite (inflamação do estômago).

Outras pessoas estão lendo

Os Fatos

A American Heritage Dictionary define pH como "uma medida de acidez ou alcalinidade de uma solução, numericamente igual a 7 para soluções neutras, aumentando com o aumento da alcalinidade e diminuindo com o aumento da acidez. A escala de pH comumente em uso varia de 0 a 14", mas simplificando, soluções com baixo pH são altamente ácidas. A gama de pH ácido do estômago normal situa-se entre 1,5 e 3,5, o que torna altamente ácidas. Esta acidez cria um ambiente ideal para a pepsina, enzima digestiva principal, para quebrar a comida.

Características

A enfermeira Marcelle Pick, no site womentowomen.com, diz que a parede do estômago possui cinco camadas, incluindo a mucosa, submucosa e camadas de músculos. A camada mais interna, a mucosa, produz ácido gástrico e pepsina. Volume de ácido do estômago normal varia de 20 a 100 mL e sua composição principal é de ácido clorídrico (HCl).

Importância

O pH do ácido gástrico é importante na manutenção da digestão saudável, pois um pH demasiado baixo pode levar a lesões ulcerativas, enquanto que um pH anormalmente elevado impede a repartição adequada dos alimentos. Um estudo da Universidade Médica de Michigan também confirmou que a redução da acidez do estômago pode tornar o estômago mais suscetível a infecções bacterianas que podem causar úlceras e gastrites.

Considerações

Os níveis de pH do ácido gástrico podem ser afetados por infecção, stress e outros fenômenos fisiológicos. Alta acidez (pH baixo) pode levar a dores de estômago e sensação de indigestão mas, ao contrário do que dizem algumas crenças populares, a alimentação tem pouco a ver com a acidez estomacal. Gloria Tsang, uma nutricionista para HealthCastle.com, aponta que beber leite para acalmar o estômago pode ajudar temporariamente, mas pode resultar em excesso de acidez ponteriormente.

Aviso

A melhor maneira de manter um nível de pH no estômago adequado é através de medidas comportamentais. Gloria Tsang, RD, diz: "Apenas duas mudanças comportamentais podem reduzir os sintomas de acidez do estômago, comendo menos e elevando sua cabeça durante o sono". Marcelle Pick, NP, acrescenta que a redução do estresse e a manutenção de uma boa postura, também podem ajudar a preservar o ácido do estômago equilibrado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível