Mais
×

Piadas divertidas sobre loiras

Comstock/Comstock/Getty Images

Introdução

Contar piadas é uma das atividades preferidas entre grupos de amigos para se divertir e descontrair o ambiente. Inocentes ou altamente picantes, muitas delas se valem de vários artifícios do humor clássico para fazer rir. Outras, por sua vez, evocam situações inusitadas ou mesmo fantasiosas, que as tornam ainda mais engraçadas. Alguns destes temas são recorrentes, como as histórias que envolvem as loiras. O tempo passa e as brincadeiras continuam as mesmas até hoje. Bonitas, sensuais, mas pouco inteligentes, são personagens conhecidas, embora nem sempre correspondam à realidade. Conheça algumas das mais divertidas piadas, conte para os conhecidos e divirta-se!

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Duas loiras no céu

Duas loiras morreram e, na fila para o Céu, começaram a conversar. - Como você morreu? - Congelada. - Que coisa horrível! Qual a sensação de morrer congelada? - Bem, primeiro fiquei com o braço congelado, depois a perna, a barriga... E você, como morreu? - Tive um infarto e morri. - Tão jovem? Como foi isso? - Bom, comecei a desconfiar que meu marido estava me traindo. Um dia, voltei mais cedo do trabalho. Cheguei em casa, mas ele estava sozinho na cama. Fui procurar a amante dele na casa toda. Corri tanto que tive um infarto. - Puxa. Se você tivesse procurado no freezer, nós duas estaríamos vivas!

Oli Scarff/Getty Images News/Getty Images

No museu

Uma morena e uma ruiva foram ao museu. Avistaram um quadro, com o desenho de uma grade, e conversaram sobre ele. “Eu adorei esse quadro”, disse a ruiva. “Eu também”, respondeu a morena. Um rapaz que passou pelo local discordou. “Eu acho muito frio”. As duas jovens repreenderam o moço: “Frio nada. Você é que não entende porcaria nenhuma de arte”. Nisso, um segurança se volta para as duas e comenta: “As loiras podem ir saindo, já vamos fechar o museu”. As garotas ficaram intrigadas: “Como sabe que nós tingimos o cabelo?”. “Porque isso aí não é quadro, e sim o ar condicionado!”

BananaStock/BananaStock/Getty Images

As três amigas

Uma loira, uma ruiva e uma morena trabalhavam na mesma empresa até às 22 horas. No entanto, elas perceberam que a gerente delas, uma mulher muito bonita, saía uma hora mais cedo. Resolveram, no dia seguinte, deixar o trabalho assim que ela saísse. A ruiva foi fazer compras no shopping e a morena foi para a balada. A loira, cansada, resolveu ir mais cedo para casa. Assim que chegou, flagrou o marido transando com a chefe dela! No dia seguinte, as amigas contaram sobre como aproveitaram o tempo e a loira disse que não queria repetir a dose. “De jeito nenhum, ontem quase que a chefe me pega!”

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Pedindo carona

A loira estava na estrada pedindo carona, quando um carro passou e parou. Ela entrou no veículo, que estava vazio, e mesmo assim voltou a andar. De repente, o carro acelerou e parecia que ia cair em um penhasco, quando do nada uma mão milagrosa surgiu da janela do carro e moveu o volante. O fato se repetiu várias vezes. Totalmente aterrorizada, ela se jogou do carro e correu para o primeiro bar que encontrou. Exausta, pediu um conhaque duplo. Minutos depois, dois homens entraram no estabelecimento. Um deles comentou. “Olha lá, não é aquela maluca que entrou no nosso carro quando a gente estava empurrando?”

Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

A loira secretária

Um norte-americano, um francês e um inglês foram presos pelos alemães na guerra. O comandante do presídio disse que os prisioneiros teriam de contar uma piada. Se todos ali rissem, não seriam executados. O americano contou a sua história e todos riram, menos a loira que trabalhava como secretária no local. Por isso, o soldado foi fuzilado. O francês contou uma piada ainda mais engraçada, mas foi executado, porque a mulher não riu. Quando chegou a vez do britânico, a loira começou a rir sem parar. Sem entender nada, o chefão perguntou: “Do que está rindo? Ele nem começou a contar ainda”. E ela: “Muito boa a piada do americano”.

Comstock/Comstock/Getty Images

O regime da loira

Quando começou a engordar demais, a loira decidiu ir ao médico à procura de algum regime alimentar especial. O doutor a examina e lhe faz a seguinte recomendação: “Coma normalmente por dois dias e no terceiro pule. Repita o procedimento até o final do mês e retorne para avaliarmos o que aconteceu”. No dia combinado, a mulher volta ao consultório, 15 quilos mais magra e feliz. O médico ficou muito satisfeito: “Meus parabéns, você conseguiu um ótimo resultado”. “É verdade, doutor. Mas saiba que eu quase morri nesse meio tempo”. “Quase morreu de quê? De fome?”. “Não, doutor, de tanto pular”.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

O namorado da loira

Um cara estava apaixonado por uma loira lindíssima que morava na mesma rua que ele. Por muito tempo, ele tentou conquistá-la e fazer sexo com ela. Mas a mulher sempre resistiu às suas investidas. Depois de muitas tentativas, ela finalmente cedeu, mas disse que transaria com o vizinho apenas se ele fizesse exame de sangue e mostrasse que não tinha Aids. Ele concordou e fez o teste, mostrando que estava limpo. Depois de cumprida esta exigência, ambos tiveram uma noite ardente de amor. Na manhã seguinte, ela desabafou: “Desculpe por ter obrigado você a fazer o exame, mas eu tenho muito medo de pegar essa doença de novo”.

Thinkstock/Comstock/Getty Images

A loira sequestradora

Falida, a loira resolveu sequestrar uma criança. Foi a um bairro rico e, ao encontrar um menino muito bem vestido, puxou-o para trás de uma moita. Escreveu um bilhete: “Querida mamãe, isto é um sequestro. Levei seu filho e só o devolverei se me entregar R$ 10 mil. Deixe o dinheiro na árvore do playground. Assinado, Loira Sequestradora”. Ela pegou o bilhete, colocou no bolso do menino e disse: “Vai lá, entrega isso pra sua mãe”. No dia seguinte, a mulher vai ao local combinado e encontra um pacote com R$ 10 mil e uma mensagem: “Tá aí o dinheiro. Sacanagem uma loira fazer isso com outra”.

Joe Corrigan/Getty Images Entertainment/Getty Images

A loira no zoológico

Uma loira tinha o sonho de conhecer um zoológico. Infelizmente, ela só conseguiu realizar este desejo já adulta. Sozinha, mas muito animada, ela observava os animais que ali viviam. Ao passar por uma jaula, viu a placa “Cuidado com o leão”, com o felino em seu interior. Depois, viu um enorme animal e o aviso: “Cuidado com o urso”. O mesmo aconteceu no ponto onde estavam os tigres, onças, cobras e crocodilos. Mais à frente, viu outra jaula com os dizeres: “Cuidado: tinta fresca". Ao ver que o local estava vazio, gritou desesperada: “A tinta fresca fugiu! A tinta fresca fugiu!”

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A loira e as ovelhas

Cansada de ouvir piadinhas, a loira resolveu pintar o cabelo de preto. Durante uma viagem, encontrou um pastor de ovelhas. Ao conversar com ele, disse que conseguiria acertar quantas cabeças havia naquele rebanho. O homem disse que, se ela acertasse a quantidade exata, poderia ficar com um dos animais. “São 627”, disse ela. “Impressionante, você acertou. Pode escolher uma e levar para casa”. A mulher olhou uma por uma, escolheu e a levou para o carro. Antes de ir embora, contudo, o camponês a chamou: “Se por acaso eu conseguir adivinhar qual a cor original do seu cabelo, você devolve o meu cachorro?”