Picolinato de cromo e pressão arterial

Escrito por joe king, m.s. | Traduzido por tradutor em demand media studios
Picolinato de cromo e pressão arterial
O picolinato de cromo pode ter um efeito positivo sobre a pressão arterial (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O cromo é um mineral traço, ou seja, só é encontrado em pequenas concentrações no corpo humano, mas é essencial para vários processos metabólicos e bioquímicos. O picolinato de cromo é a forma de cromo mais facilmente absorvida pelo trato digestivo, e é a forma preferida encontrada na maioria dos suplementos nutricionais, de acordo com o livro "Nutrition for Health, Fitness, and Sport". O cromo pode desempenhar um papel na regulação da pressão arterial; no entanto, o quanto ele é capaz de afetar a pressão arterial ainda não está claro desde 2011. Fale com um médico antes de administrar um suplemento de cromo para tratar a pressão arterial elevada, a fim de garantir que a utilização dele seja segura.

A teoria

O cromo controla os níveis de açúcar no sangue, aumentando as concentrações do fator de tolerância à glicose, ou FTG, na corrente sanguínea. O FTG aumenta os efeitos da insulina, o hormônio responsável pelo transporte do açúcar para as células do corpo, onde é convertido em energia. De acordo com o Dr. Barry Mennen, o cromo reduz a resistência à insulina, o que pode ter um efeito benéfico sobre a pressão sanguínea elevada.

Pesquisa

De acordo com um estudo publicado na revista Clinical Nephrology, os pesquisadores descobriram que o picolinato de cromo, bem como outras formas de cromo, podem, com êxito, diminuir os aumentos na pressão arterial induzidos pelo açúcar. Além disso, descobriu-se que o picolinato também reduz as concentrações de lipídeos (gorduras) no sangue de seres humanos, que são os principais contribuintes para a pressão arterial elevada. De acordo com um estudo publicado no Western Journal of Medicine, os pesquisadores descobriram que a suplementação com picolinato de cromo reduz os níveis de colesterol total e a lipoproteína de baixa densidade (LDL), ou o colesterol "ruim".

Segurança

De acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland, uma alta ingestão de suplementos de cromo pode causar algumas reações adversas, que incluem a inibição da ação da insulina no controle dos níveis de açúcar no sangue. A alta ingestão de suplementos de cromo também pode causar irritação do estômago, comichão e rubor. Embora seja raro, alguns usuários relataram batimentos cardíacos irregulares e disfunções renais e no fígado decorrentes do picolinato de cromo.

Recomendações

De acordo com o eMedTV, não existem informações científicas suficientes sobre o limite superior do picolinato de cromo, o que dificulta as recomendações de ingestão diária. O Escritório de Suplementos Dietéticos dos EUA estabeleceu a ingestão adequada de cromo de 35 mcg por dia em homens adultos e 25 mcg por dia em mulheres adultas. Os adultos mais velhos necessitam de um pouco menos de cromo, enquanto as mulheres grávidas ou lactantes precisam de mais. Converse com um médico para determinar a quantidade adequada para você.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível