Como pintar o contorno de uma imagem

Escrito por tim hesse | Traduzido por even star
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como pintar o contorno de uma imagem
Use o contorno do desenho para engatar-se antes de começar um trabalho mais detalhado (painting image by Linda Brotkorb from Fotolia.com)

Kimon Nicolaides introduziu a ideia de arte de "contorno" no seu livro clássico de 1941, "The Natural Way to Draw" (a maneira natural de se desenhar). Quando fazendo o contorno de uma pintura ou desenho, um artista precisa encarar diretamente o objeto e desenhar ou pintar o seu contorno básico sem nunca olhar para a tela. De acordo com o expert em educação artística Betty Edwards, desenhar o contorno permite que o artista ignore os chamados modos de pensar do "lado esquerdo do cérebro" e se conecte com o seu objeto em um nível puramente visual. Como escrever automaticamente, desenhar um contorno requer um treinamento artístico prévio.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cavalete
  • Banquinho
  • Mesa pequena
  • Bloco de papel de desenho resistente
  • Pincel pequeno
  • Nanquim
  • Pequeno copo de água
  • Temporizador

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque um bloco de papel de desenho resistente no seu cavalete e abra-o em uma folha nova. Coloque um pequeno copo de água, um pote de nanquim e um temporizador em um pequena mesa ao lado do cavalete. Pintores destros devem colocar a mesa do lado direito do cavalete, já os canhotos do lado esquerdo. Coloque um banquinho perto do cavalete e da mesinha para que você alcance o papel, a tinta e a água sem precisar esticar o braço.

  2. 2

    Sente no banquinho. Levante a sua mão fraca do seu lado com a palma para cima. Pintores canhotos devem levantar a direita e vice versa. Olhe sobre o seu ombro para o braço esticado, afaste os seus dedos da sua mão fraca e estique-os tanto quanto possível. Libere e deixe os seus dedos relaxarem em forma de copo, com a ponta do seu polegar descansando ao lado do seu dedo indicador. Você será capaz de manter sua mão nessa posição relaxada por um grande período de tempo, sem esticar seus músculos, e a forma de copo vai acentuar as rugas na palma da sua mão, fazendo dela um objeto de desenho mais interessante.

  3. 3

    Configure o temporizador para 5 minutos. Pegue o pincel com a sua mão hábil, enquanto mantém a sua mão inábil na posição de copo. Mergulhe o pincel na água para amolecê-lo, então mergulhe-o no frasco de nanquim. Segure o pincel molhado de tinta cerca de 2,5 centímetros da superfície de desenho, sem tocá-la.

  4. 4

    Vire sua cabeça para a sua mão inábil e olhe por cima do ombro para a sua mão em forma de copo. Toque o seu pincel no papel sem olhar para o cavalete e imagine o pincel tocando a dobra mais proeminente na palma da sua mão. Continue a encarar aquela dobra em sua mão e mova o pincel contra o papel, enquanto você a traça com seus olhos o mais devagar possível. Quando acabar de traçar a primeira dobra, continue traçando as outras linhas da sua mão com os seus olhos. Combine os movimentos do pincel com o movimento de seus olhos e não olhe para o seu papel até que o temporizador tenha acabado a seção de 5 minutos.

  5. 5

    Olhe para o seu desenho quando soar o alarme. Você pode achar que o desenho do contorno parece com uma obra cubista. As dobras podem se sobrepor e não se parecer em nada com a sua mão. De acordo com Betty Edwards, alguns artistas tem como rotina começar suas horas de estúdio com uma série de desenhos ou pinturas de contorno com tempo marcado, para entrarem em um modo de pensamento puramente visual.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível