Mais
×

As piores e melhores cantadas de todos os tempos

O amor em pequenas cantadas
Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images

Introdução

De longe você vê aquela paquera na balada e resolve se aproximar e quem sabe conseguir algo mais. Mas o tempo é curto e a maioria das pessoas se interessa (e se desinteressa) com rapidez. Tudo o que lhe resta é ir lá, dizer algo de impacto e esperar que dê certo. As cantadas são ferramentas antigas da arte da conquista, podem lhe dar o céu ou o inferno. Confira as melhores cantadas de todos os tempos e as cantadas que não devem ser ditas de jeito nenhum, a não ser que seu objetivo seja um belo tapa na cara.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Pedindo informação

Em muitos casos, uma cantada simples, direta e verdadeira pode ser mais eficiente que um blá blá blá sem direção. A cantada a seguir já virou até música. A criatividade vem da expectativa da outra pessoa em atender ao pedido de informação. Mas, como toda cantada, o desfecho é sempre imprevisível. – Você pode me dar uma informação? O que eu faço para ganhar um beijo seu?

Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

Cantadas poéticas

Cantadas poéticas podem fazer você se dar bem no final da noite e quem sabe encontrar alguém para namorar. Elas servem para iniciar um papo e ajudá-lo na arte da conquista: – Se eu acho você linda, não coloque a culpa em mim. A culpa é toda sua de ser tão linda assim.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Valorizar o outro

Na mesma linha das cantadas poéticas, a regra aqui é valorizar o outro, mostrando seu interesse genuíno em ficar com aquela pessoa especificamente. A personalização da cantada faz com que o outro se sinta desejado. – Gosto de seus olhos, porém prefiro os meus. Pois se não fosse por eles eu jamais veria os seus.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

O clima no ar

O principal na hora de aplicar uma cantada é o bom humor. Daí vem a inspiração para encontrar um novo amor. Essa cantada resgata a predisposição em levar o amor com certa graça: – Oi, você está sentindo cheiro de tinta? – Não. Por quê? – Porque tá pintando um clima no ar...

Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

Ser poeta

Se amor combina com poesia, talvez seja a hora de investir em cantadas mais sofisticadas como esta. Mas não vá gastá-la em uma noite em uma balada barulhenta onde o(a) pretendente não poderá apreciá-la. Use em ocasiões especiais. – Eu sinto muito, mas não posso ter uma profissão. Eu queria ser poeta, mas poeta não posso ser. Porque poeta pensa muito e eu só penso em você.

BananaStock/BananaStock/Getty Images

Tamara

Já no que diz respeito às piores cantadas, ainda há saída. Desde que elas não sejam esdrúxulas, de mau gosto ou baixo calão, esse tipo de cantada pode render ao menos uma risada do outro lado, o que não é de todo mau. A cantada a seguir surgiu provavelmente em uma festa tipo micareta. O rapaz chega para a mulher e pergunta: – Oi, seu nome é Tamara? – Não. – Pode até não ser Tamara, mas você Tamaravilhosa!

Comstock/Comstock/Getty Images

Cantadas ousadas

Essa é do tipo de cantada mais ousada. Dificilmente vai te levar a algum lugar a não ser de volta à sua casa. E sozinho. Mesmo assim, se quiser tentar é por sua conta e risco. Não diga que não avisamos. – Oi, gatinha, vamos tomar algo juntos? Que tal um banho?

Jupiterimages/BananaStock/Getty Images

Amor à primeira vista

À primeira vista, essa cantada tem algo de prepotente e muitos possam acham que se trata de segurança em demasia. A verdade é que a resposta pode vir no mesmo tom, algo do tipo: “Não, e não volte nunca mais”. Mas isso é por sua conta. – Você acredita em amor à primeira vista ou devo entrar novamente?

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Parabéns

Para coroar o auge das piores cantadas, essa pérola só pode ser pronunciada de brincadeira. Se a fronteira entre cantada e bom humor é tênue, esta cantada pende claramente para o humor. Para ajudar, a entonação pode ser feita em ritmo de brincadeira. – Hoje é seu aniversário? – Não, por quê? – Porque você está de parabéns.

Goodshoot/Goodshoot/Getty Images

Mortal de costas

Da série cantadas espirituosas, esta cantada faz o interlocutor escolher entre duas opções. Nesse caso, a não ser que o (a) pretendente esteja de muito mau-humor, uma simples risada pode significar a vitória: – Quer ficar comigo? Se sim, dá um sorriso. Se não, dá um mortal de costas.