Placa de fibras de alta densidade (HDF) ou madeira

Escrito por greg jackson | Traduzido por daniel tamayo
Placa de fibras de alta densidade (HDF) ou madeira
Placas de alta densidade frequentemente são as alternativas no lugar da madeira (Photo and Co/Photodisc/Getty Images)

O uso de materiais compostos para a construção e a produção manufatureira tem aumentado bastante com o tempo ao longo das últimas décadas, graças às inovadoras placas de fibras de alta densidade, ou HDF. Esses novos materiais foram desenvolvidos como substitutos dos produtos de madeira padrão, como compensado ou madeira natural, em pisos e laminados, para criar uma base mais estável, melhorando a uniformidade do corte e da formatação. O HDF é um desses materiais compostos muito usado no lugar da madeira.

Composição da placa de fibras

O processo de fabricação da placa combina as fibras naturais da madeira com uma resina de polímero sintética com agente colante. Esses materiais são misturados e depois moldados juntos, em um ambiente seco, com altas temperatura e pressão para prender e moldar a mistura em painéis individuais. Esse método de fabricação é um processo seco que ajuda a colar os elementos em uma densidade mais uniforme, que retem a estrutura composta de forma que um método úmido não consegue. O HDF é um produto desse método.

Painéis compostos de madeira

Na categoria de produtos compostos de madeira, como o compensado, a tábua de fibra orientada (OSB) e a tábua particulada são diferentes do HDF de várias formas. Apesar desses produtos também envolverem o uso de partículas de madeira (tiras, pedaços e serrapilheira) em sua fabricação, a forma como eles são misturados os tornam menos estáveis sob certas condições. O compensado é feito de finas lâminas de misturas de fibras empilhada em uma sequência de ângulos retos. A tábua particulada é parecida com a tábua de fibras no processo de compressão, mas resulta em um material menos estável que tende a esfarelar nas bordas cortadas. O OSB é provavelmente o mais sólido entre eles, mas ainda sim se quebra ao ser cortado em tábuas padrão de 10 cm por 20 cm.

Usos padrão dos painéis de madeira

O uso geral dos painéis de madeira natural, como compensado e OSB, é mais comum na construção. O OSB em particular resiste à abrasão superficial, muito comum em painéis instalados em paredes e pisos. Esse é um fator que afeta a pintura e a instalação do coberturas de piso, como azulejo ou linóleo, que é mais complicada quando a superfície é lisa e homogênea. As distorções, como a madeira empenar, afetam o acabamento com o tempo e o OSB pode resistir melhor do que os produtos compensado comuns.

Usos da placa de fibra de alta densidade

As placas são uma escolha comum como material de construção e para fabricar produtos de madeira. É mais comum usar o piso de HDF do que o de madeira. A razão mais usada é a durabilidade e a resistência à distorções do HDF, em comparação com o piso laminado. Os fabricantes adotaram o HDF como material para gaveteiros, partições e encostos, por sua forte resistência à umidade. Fabricantes de caixas de som também usam esse material, devido à suas boa resposta acústica geral.

Outros usos do HDF

O HDF também é usado na fabricação de portas. Esses produtos, geralmente chamados de portas de núcleo sólido, consistem em um centro de madeira maciça com um acabamento de lâminas, em vários estilos e composições. A vantagem de usar o HDF no lugar da madeira no núcleo deve-se a sua resistência natural à umidade. A madeira natural se distorce mais que o HDF, o que é um aspecto crítico em produtos laminados. O contraste de umidade entre o centro da porta e suas camadas superiores resulta em rachaduras e na separação das lâminas.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível