Placas de melamina vs laminado plástico

Escrito por arlene miles | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

"Placas de melamina" e "laminado plástico" são termos usados de maneira intercambiável para falar de superfícies usadas na construção e remodelagem de objetos como cômodas, suportes de produtos eletrônicos e alguns tipos de móveis. De maneira mais precisa, as placas de melamina frequentemente formam uma das camadas do laminado plástico, normalmente unidas com aglomerado ou outro material de suporte.

Outras pessoas estão lendo

Laminado de baixa pressão

Chamada também de laminado de "baixa pressão" ou "pressão direta", a melamina se fabrica a uma pressão de 21 a 35 kg/cm². Ela obtém seu nome da resina de melamina usada para saturar as camadas de papel transformadas em uma superfície sólida plástica através da fusão térmica. A melamina, ao ser unida a laminados plásticos, é a superfície que dá a produtos, como a fórmica, aquele acabamento decorativo.

Deficiências da melamina

A melamina por si só é menos resistente a abalos e goivas do que o laminado plástico. A maior reclamação é que quando é feita para se parecer com a madeira, a melamina fica com uma aparência de falso. Como normalmente é colocada sobre aglomerado, que se deforma facilmente, a melamina não é boa em aplicações que envolvem água. O aglomerado também possui buracos no grão, sendo preciso cobri-lo com melamina para protegê-lo.

O que é o laminado plástico?

Nos casos mais simples, o laminado plástico é feito de várias camadas de papel kraft mergulhados em resina plástica e fabricado sob quase 100 kg/cm² de pressão, mais de três vezes o valor usado para fazer as placas de melamina. O laminado plástico está disponível em três qualidades diferentes: uso geral, superfícies verticais e postforming. Ele adere com cimento de contato a um substrato que normalmente é de aglomerado, mas também pode ser de MDF ou compensado.

Como o laminado é fabricado?

A fabricação do laminado plástico tem quatro passos. O primeiro consiste em mergulhar faixas de papel em resina plástica; a espessura desejada do papel determinará a quantidade de folhas a usar. Essas folhas são colocadas em uma câmara para secagem. Em seguida, são empilhadas com camadas decorativas sobre outras de kraft antes da "termocura", o processo através do qual se fabrica o laminado. No passo final, o plástico laminado é cortado para o tamanho desejado.

Usos do laminado

O acabamento do laminado frequentemente é de acordo com o tipo de uso. Os acabamentos mate (fosco) são frequentemente usados em bancadas feitas sob medida. O laminado de revestimento vertical é normalmente usado em armários e outras superfícies que não são muito manipuladas. O laminado postforming é flexível e se usa em substratos curvos ou enrolados. Existe um laminado mais fino que se usa para salvar fotografias e outros documentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível