Mais
×

Como planejar um casamento na praia

Getty Images

Introdução

Os casamentos em praias estão se tornando cada vez mais frequentes. As fotos com luz natural encantam a todos e, além disso, os convidados podem ainda disfrutar da paisagem. Porém, casar à beira do mar é algo que exige muito planejamento, pois apenas na véspera é possível saber como estará o clima. Organizar um casamento desse tipo é a realização de um sonho para muitos casais. Mas para que fiquem na memória apenas as boas lembranças, é preciso planejar a celebração com antecedência. Veja aqui o passo a passo para dizer "sim" com os pés na areia.

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Lista de convidados

O primeiro passo é definir a quantidade de convidados. Será uma festa para 400 pessoas ou um mini-wedding apenas para os mais chegados? Esse ponto irá determinar todo o planejamento, pois a partir do número do convidados se estabelece o local, o buffet e todos os outros fornecedores. O número de convidados deverá ser levado em conta ao reservar os assentos, assim como de que são feitos os bancos e quantas pessoas cada um deles comporta.

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

O local da cerimônia

Sim, será na praia, mas em qual? Não são todas as prefeituras que permitem esse tipo de evento, por isso é preciso se informar. Definida a cidade, o próximo passo será escolher exatamente o local em que será realizada a celebração. Para isso é importante saber qual o comprimento da faixa de areia e se a praia é muito movimentada. Nada pior que casar em pleno verão, no final da tarde, com vários banhistas invadindo o espaço da cerimônia. Verifique também a proximidade do local da festa. Alguns restaurantes "pé na areia" podem reservar a faixa de areia em frente para o evento.

czekma13/iStock/Getty Images

O local da recepção

A próxima etapa será escolher um local que comporte a festa. Quanto menor for sua lista de convidados, mais fácil será escolher onde realizar o casamento. Isso porque não são todos os lugares na beira da praia que comportam mais de 200 pessoas. Não é necessário ter uma cadeira para cada pessoa. Hoje em dia, muitas uniões mais descontraídas trazem um lounge para os amigos aproveitarem a festa sem precisarem ficar sentados junto à mesa. Sofás, puffs, mesinhas baixas de centro e algumas cadeiras rústicas podem ocupar o lounge da festa.

serkanozalp/iStock/Getty Images

Defina o buffet

A melhor opção para quem quer se casar na praia é escolher um restaurante à beira mar que tenha um ótimo buffet. Por ser algo mais informal, é recomendado que a comida não seja muito elaborada ou pesada. Verifique se haverá a necessidade de contratar uma equipe de bartenders à parte, pois são poucos os buffets que oferecem o serviço incluído. Essa etapa é muito gostosa, pois os noivos podem participar de várias degustações para escolher qual atende melhor o paladar e o bolso do casal.

IPGGutenbergUKLtd/iStock/Getty Images

Pense no tipo de decoração

Um casamento desse estilo pede uma decoração natural, com bastante verde e flores tropicais. Procure por objetos de madeira e tecidos leves. Nada de peças extravagantes de prata ou lustres de cristal. Se fizer questão de lustres, escolha os feitos com matérias naturais como juta, linho ou até mesmo papel. E também se esqueça das cores muito fortes e fechadas. As melhores opções são as vibrantes ou aquelas que puxam para o nude ou tom pastel. O clima da decoração precisa ser sereno e aconchegante. O ambiente deve passar uma impressão de frescor e harmonia com a natureza.

Dynamic Graphics/Polka Dot/Getty Images

As flores da época

Normalmente, os casamentos na praia ocorrem durante a primavera, nos meses de setembro e novembro. Nesse período, a temperatura é amena e é baixa a possibilidade de chuva. Na primavera, as flores que predominam são rosa, gérbera, camélia, lisianthus, cravo, gypsophila (mosquitinho), hortênsia, lírio, copo-de-leite e orquídeas. Se preferir outras espécies, verifique antes se elas não são muito sensíveis ao calor: em caso positivo, devem ser deixadas de lado. Evite também flores muito perfumadas, como é o caso da angélica. Em dias de muito calor, ela murcha rápido e libera um cheiro forte e enjoativo.

Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

O vestido de noiva

Vestidos simples são o lema para uma celebração marinha. Nada de vestidos de princesa, armados e cheios de pedrarias. Também desista da ideia de luvas de cetim e coroa de brilhantes. Um casamento na praia pede um vestido despretensioso. Nem é necessário que o vestido seja longo. Muitas noivas escolhem vestidos longuete ou um pouco acima do joelho. Detalhe fundamental: o dress code do evento (tipo de vestimenta recomendado) deve ser definido com antecedência para avisar os padrinhos e informar o traje da festa no convite.

Kasiam/iStock/Getty Images

Material impresso e papelaria

O template da papelaria vai ser usado não apenas no convite, mas também no menu, nas tags das lembrancinhas, no kit banheiro, nas tags das lágrimas de alegria, etc. Um casamento na praia pede um convite mais clean, sem letras douradas e papéis sofisticados. Muitos trazem um elemento da natureza como um pequeno calhamaço de flores, um pedaço de canela ou um tecido como a juta, que pode ser usada para o envelope ou para o laço. O design da papelaria pode trazer pássaros, árvores ou até mesmo uma paisagem, desde que seja algo ligado à natureza.

Jupiterimages/Stockbyte/Getty Images

Planeje a lua de mel

Muitos casais escolhem a própria cidade da festa de casamento para a lua de mel. Assim, é possível aproveitar a região litorânea e não perder tempo com o transporte. Nesse caso, não se esqueça de reservar com antecedência o hotel onde ficarão hospedados e negociar condições e tarifas. Alguns inclusive oferecem pequenos mimos para os noivos, como flores, velas e champanhe ao serem avisados de que o casal passará a noite de núpcias em seus aposentos. Se vocês optarem por outro rumo depois da celebração, planejem também o itinerário, os horários e os traslados para não ter surpresas. Nem todas as cidades litorâneas possuem aeroportos, o que pode ser um desafio caso vocês desejem sair da festa direto para um destino no exterior, por exemplo.

Goodluz/iStock/Getty Images

Aproveite!

Com certeza foram meses planejando o grande dia e muitas noites sem dormir. Mas o dia do casamento deve ser aproveitado. Desfrute do visual maravilhoso que é a moldura do dia mais feliz da sua vida. Repare nos detalhes, no céu, nas flores, na madeira, nos tecidos, etc. Por mais difícil que possa ser, tente deixar a preocupação de lado e curta o momento. Se quiser dançar, dance. Se quiser conversar com os parentes e amigos distantes, converse. Se quiser tirar muitas fotos, fotografe. Esse é o momento de vocês e o mais importante nesse dia é celebrar!