Como plantar a "cebola grávida" (Ornithogalum longibracteatum)

Escrito por brian albert | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como plantar a "cebola grávida" (Ornithogalum longibracteatum)
Com a experiência, você saberá quando regar suas plantas antes de elas murcharem (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

A planta Ornithogalum longibracteatum se parece com uma cebola crescendo com o bulbo acima da terra e com longas tiras de folhas brotando do topo. Ao redor da base do bulbo brotam inúmeros bulbos bebês, fazendo com que a planta ganhe o nome popular de "cebola grávida". Essas "cebolas" são boas plantas para se ter em casa e sua aparência estranha sempre atrai a atenção. Elas são fáceis de cuidar e não precisam ser replantadas com frequência, pois suas raízes crescem para além dos limites dos vasos.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Vaso
  • Pedrinhas
  • Terra para plantar
  • Água

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre um vaso novo ou limpe minuciosamente um vaso velho que seja levemente maior do aquele em que se encontra a Ornithogalum longibracteatum no momento. O vaso deve ser de 5 a 7,5 cm de diâmetro maior do que o bulbo.

  2. 2

    Coloque algumas pedrinhas soltas ou pedaços de cerâmica quebrada sobre os furos para drenagem no vaso novo para evitar que a terra escape e ainda permitir uma boa drenagem.

  3. 3

    Espalhe um punhado de terra no fundo do vaso novo. Utilize terra comercial para plantar em casa com uma boa drenagem. A terra produzida para cacti e suculentas funciona bem se forem combinadas cerca de duas partes de terra para cactus com uma parte de turfa.

  4. 4

    Retire a "cebola grávida" do seu vaso antigo e, com cuidado, desembaralhe as raízes que estiverem torcidas e enroladas em torno da borda interna do recipiente.

  5. 5

    Coloque a Ornithogalum longibracteatum no vaso novo e posicione-a de modo que fique no centro e na mesma profundidade do vaso antigo.

  6. 6

    Preencha com mais terra ao redor da planta e, cuidadosamente, use suas mãos para firmá-la no lugar. Se estiver plantando um bulbo bebê sem raízes, encha o vaso com terra e coloque o bulbo em um buraco raso no centro do vaso com a extremidade pontuda para cima. Não enterre o bulbo.

  7. 7

    Regue completamente o vaso até o excesso escoar pelos furos de drenagem no fundo. Não deixe o vaso ficar em um pires de drenagem cheio de água.

  8. 8

    Coloque a Ornithogalum longibracteatum recém-plantada em um local quente e ensolarado, e que seja sombreado durante a parte mais quente do dia. Deixe a terra secar entre as regas, mas não deixe-a completamente ressecada.

Dicas & Advertências

  • A Ornithogalum longibracteatum faz brotar bulbos bebês logo abaixo da bainha externa, semelhante a papel, no bulbo-mãe. Conforme eles se desenvolvem, eles se descascam, as bainhas caem e os bebês são visíveis.
  • Não deixe o bulbo murchar entre as regas. Isso faz com que a Ornithogalum longibracteatum entre em dormência e as folhagens morram. Conforme ganha experiência com as necessidades de cada uma das suas plantas, você poderá perceber quando elas precisam de água antes de elas mostrarem sinais de desidratação, julgando pelo peso do vaso. Um vaso regado recentemente é muito mais pesado do que um vaso seco.
  • A Ornithogalum longibracteatum é tóxica e algumas pessoas são alérgicas a ela. Se você mostrar quaisquer sinais de irritação cutânea, lave as mãos e certifique-se de usar luvas quando manusear a planta no futuro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível