Onde plantar a lanterna chinesa (Physalis alkekengi)

Escrito por karen carter | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Onde plantar a lanterna chinesa (Physalis alkekengi)
As plantas de Physalis alkekengi produzem frutinhos que parecem lanternas chinesas, usados em arranjos de flores secas (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

A Physalis alkekengi é popularmente chamada de lanterna chinesa. Essa planta perene alcança de 40 a 60 cm de altura. As flores surgem na primavera e no verão a partir do segundo ano. Os frutos contêm revestimentos inflados de coloração laranja viva e lembram lanternas chinesas ou balões em miniatura. A Physalis alkekengi se desenvolve bem em áreas com temperatura moderada.

Outras pessoas estão lendo

Locais

As plantas de Physalis alkekengi desenvolvem sistemas de raízes invasoras e se espalham por rizomas. O melhor local para elas é em um vaso ou na terra, com uma barreira subterrânea instalada.

Luz solar

Posicione a Physalis alkekengi em uma área de sol pleno a sombra leve. Se plantá-la em um clima quente, forneça proteção do sol para as plantas durante as tardes quentes e secas.

Água e terra

A Physalis alkekengi requer terra úmida e com boa drenagem, que ajudará a evitar que as raízes se afoguem quando houver excesso de água. A lanterna chinesa não deve ser plantada em uma área alagada.

Atenção

As plantas de Physalis alkekengi requerem solo com níveis de pH entre 6,1 e 7,8, ou seja, levemente alcalino a levemente ácido. Não ajuste o nível de acidez do solo sem testá-lo primeiro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível