Plantas africanas que causam infertilidade

Escrito por adele eliot | Traduzido por ana luisa takahashi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Plantas africanas que causam infertilidade
Várias ervas africanas podem causar infertilidade temporária (tanzania, serengeti, swahili, scenery, safari, Africa, pemba image by GeorgeT from Fotolia.com)

Ervas africanas tem sido usadas para curar doenças e condições corporais por séculos. Eles também são um dos primeiros métodos contraceptivos. Apesar dos médicos não recomendarem esses remédios naturais para uso contraceptivo no mundo moderno, essas ervas são usadas por populações nativas para evitar a gravidez e podem ou poderia ser usadas como infusões ou na alimentação.

Outras pessoas estão lendo

Poejo (Mentha Pulegium)

Poejo é uma planta que cresce ao redor do mundo em climas quentes. Nativa do Mediterrâneo, é uma flor roxa com um cheiro distinto. Embora seja considerada uma erva daninha em muitos países, é rara na Grã-Bretanha e, portanto, protegida. Uma colher de chá de infusão de Poejo pode ser tomada com um copo de água três vezes ao dia. Entretanto, não se deve bebê-la por mais de seis dias consecutivos. De acordo com a Orgone Biophysical Research Lab, você nunca deve usar o óleo extraído do Poejo, visto que ele é toxico e pode causar morte.

Algodoeiro-asiático (Gossypium herbaceum)

O Algodoeiro vem sendo usado como um anticonceptivo natural desde os anos 70; Apesar da conexão com a erva e a infertilidade masculina não ser reconhecida antes desse tempo, os cientistas descobriram uma ligação entre o uso dos olhos da semente do algodoeiro na cozinha e o decremento da fertilidade masculina na China. Essa erva diminui a contagem de esperma ou o deixa imóvel, tendo seus efeitos por até semanas depois de tomar a última dose dela.

Momordica (Momordica charantia)

Uma planta tropical, Momordica, pode ser encontrada nascendo pela África, Asia, América do Sul e Caribe. Nessas áreas, os nativos usaram o suco do fruto dessa planta para tratar variadas condições de alimentos e saúde, incluindo diabete e colesterol. Ela também pode ser usada como um método abortivo para contracepção. Uma folha da Momordica pode ser infundida na água para fazer um chá.

Artemisia vulgaris

A Mugwort é considerado uma erva daninha na América do Norte, mas também nasce na Europa e África. Pode usar como contraceptivo e suplemento anti-espasmódico. A planta é toda quebrada em pedaços e seca antes de ser infundida na água. Entretanto, é importante não ingerir muito dela, pois pode gerar problemas no rim. A Orgone Biophysical Research Lab recomenda infundir apenas uma colher de chá de mugwort seco em um copo de água e tomar apenas três xícaras diárias por não mais de seis dias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível