Mais
×

As plantas mais eficientes para cultivo em uma horta urbana

O movimento em prol das hortas urbanas é uma tendência que está chegando ao Brasil
Getty Images

Introdução

É cada vez maior a necessidade de estar em contato com a natureza nas cidades. Entre muros de cimento e ruas asfaltadas, começam a nascer formas alternativas de cultivos urbanos, nas quais os cidadãos podem plantar e ver crescer seus próprios alimentos ou, simplesmente, experimentar a alegria de ter um pouco mais de verde em casa e no bairro. As hortas são a melhor maneira de começar essa conexão essencial com a natureza. Veja a seguir as melhores espécies para cultivar em casa.

Plantar os próprios alimentos assegura uma dieta mais saudável
Getty Images

Espaços pequenos, plantas pequenas

Não importa o tamanho da sua varanda ou terraço: o espaço sempre pode ser dividido com uma planta. As verduras de folhas pequenas como a rúcula e o manjericão são ideais para lugares que não comportam vasos muito grandes. Requerem pouca profundidade no substrato e não são das mais exigentes de horas de luz solar. A grande vantagem desses vegetais é que você pode ir cultivando de acordo com as necessidades e, mesmo assim, eles continuarão crescendo e dividindo suas folhas com você. Quando as plantas terminarem o ciclo e começarem a dar sementes, lembre-se de guardar algumas para a próxima temporada.

Morangos para o ano todo
Getty Images

Doces e nutritivas

São vermelhos, saborosos e muito fáceis de cultivar. Se você nunca plantou morangos, pode começar com uma muda comprada em seu viveiro favorito. Com pouco espaço e algumas horas de luz por dia, você poderá degustar de um morango fresco, recém colhido. Eles são ideais para colocar a criatividade à prova e desenhar um cultivo vertical, já que demandam pouco espaço e permitem o plantio de muitas plantas com pouco substrato. Se há muitas aves na sua cidade, pendure alguns CDs em desuso ou fitas de cores brilhantes para espantá-las: os morangos são tão irresistíveis que todas elas vão "cair de bico", literalmente.

Tomates garantidos para todas as refeições
Getty Images

Vermelhos ou amarelos?

Se você busca fartura na hora da colheita, pode tentar cultivar tomates-cereja. Além de garantir uma colheita suficiente para uma pessoa com apenas uma planta, são deliciosos se consumidos frescos. Você pode arriscar com as variedades, como o tomate-cereja amarelo, que é mais doce e de sabor mais intenso. Mas não se esqueça de regar a planta, já que ela não se dá muito bem com a desidratação. Fertilizar moderadamente a terra com um pouco de adubo ou húmus também ajuda. Combine a frescura dos tomates cherry com algumas folhas de manjericão ou rúcula para obter uma salada simples e saborosa.

Com pouco trabalho, temperos para todos os gostos
Getty Images

Da horta, diretamente para a cozinha

As plantas aromáticas são conhecidas por sua utilidade na cozinha e facilidade de cultivo. Plantas como curry, alecrim e lavanda são ideais para pessoas que têm pouco tempo para cuidar de uma horta: são bastante rústicas e precisam de pouca água e muito sol. Em um terraço a céu aberto, crescerão fortes e frondosas, tanto para a cozinha quanto para a própria horta. Você também pode tentar cultivar outras plantas aromáticas, como a salsa, o coentro, o orégano e a hortelã, que requerem menos terra e sol mas precisam de bastante água.

Além de lindas flores, a calêndula também possui propriedades medicinais
Getty Images

Saborosas, saudáveis e medicinais

A calêndula é uma planta que não pode faltar na sua horta. Com múltiplos benefícios, suas folhas e flores são comestíveis e podem ser adicionadas às saladas logo depois de colhidas. Além disso, é considerada uma planta "armadilha sanitária", já que atrai as pragas e permite que plantas mais sensíveis possam crescer tranquilamente. Como se não bastasse, essa maravilha natural também pode ser aproveitada tanto na produção de cosméticos caseiros quanto para fins medicinais, como combater vermes intestinais com o chá resultante de sua infusão.

Rabanetes crescem muito bem em hortas verticais
Getty Images

Raízes saborosas

Aproveite espaços reduzidos para semear um excelente vegetal para saladas frescas: o rabanete. Sua raízes são consumidas cruas e contêm nutrientes que melhorarão sua dieta. Tudo que você precisa é de um pouco de terra e alguma profundidade — o que pode ser resolvido com uma garrafa pet de dois litros colocada verticalmente. Aliás, você pode aproveitar o espaço vertical para multiplicar o cultivo. Suas distintas variedades abrangem sabores picantes, suaves ou intensos. Certifique-se de que a semente escolhida seja do seu gosto.

Quanto mais variadas as hortaliças, melhor será sua produção e o visual da sua horta
Getty Images

Combine e você triunfará

A correta combinação de plantas é importante para que as variedades compartilhem o espaço e não tenham que competir entre si por luz ou nutrientes da terra. O ideal é combinar plantas de raíz como o rabanete, a cebola e a cenoura, por exemplo, com alguma planta folhosa, como alface ou acelga. Atrás delas, você pode posicionar algum cultivo vertical, como tomate ou milho. Com isso, a luz do sol chegará a todas as plantas de maneira escalonada.

Uma única semente pode ser o início de uma bela horta urbana
Getty Images

Comece com pouco

Para começar essa fantástica experiência, não exija mais do que pode fazer. Se você tem pouco tempo para cuidar das plantas ou acompanhar como se desenvolvem, comece com poucas variedades. Esteja seguro de que pode atendê-las da maneira que precisam, já que elas requerem cuidado e carinho do horticultor urbano. Ouse experimentar e tomar um tempo para observar e analisar o crescimento de cada planta. Assim, você perceberá se elas precisam de outras condições de luz, água ou substrato, além de conhecer profundamente o ciclo de vida de cada exemplar.