Poetas britânicos famosos

Escrito por nathanc | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Poetas britânicos famosos
Shakespeare (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

O poetas britânicos têm sido uma grande parte da literatura da língua inglesa desde Geoffrey Chaucer. Há, no entanto, vários outros poetas de língua inglesa que não são britânicos, como os grandes poetas irlandeses William Butler Yeats, Oscar Wilde e Samuel Beckett, ou os poetas americanos e anglófonos. Esses não são considerados britânicos.

Outras pessoas estão lendo

Geoffrey Chaucer

Nascido em 1343, Geoffrey Chaucer é o primeiro poeta a escrever em inglês reconhecível estudado nas escolas. Colocando de lado a dificuldade do inglês levemente arcaico, os trabalhos são bem acessíveis. Eles são também bem indecentes, contendo frequentes referências a flatulências e promiscuidade sexual. Os trabalhos mais conhecidos são "Os contos de Canterbury" e "Troilus e Criseyde".

William Shakespeare

William Shakespeare é largamente lembrado como o maior poeta a escrever em inglês. Mas sua reputação nem sempre foi dogmaticamente defendida como hoje. Durante os séculos 17 e 18, muitos críticos consideravam-no um poeta menos habilidoso que muitos de seus contemporâneos, incluindo Ben Jonson. Entretanto, no começo do século 19, Shakespeare foi canonizado pelo críticos como o grande poeta da língua inglesa.

John Milton

John Milton, nascido em 1608, é conhecido por seu longo poema épico sobre a tentação e queda do homem, "Paraíso Perdido". Na época da publicação, foi controverso, devido ao retrato ambíguo de Satã, o improvável herói dos primeiros livros do poema. Hoje, Milton é reverenciado como um poeta menor apenas que Shakespeare.

Alexander Pope

Alexander Pope, nascido em 1688, é mais conhecido por seus "Mock Epics" (Épicos satíricos), nos quais ele narra acontecimentos banais na linguagem mais elevada possível. O exemplo mais famoso é o "The Rape of the Lock" (O rapto da madeixa", um longo poema sobre o roubo da presilha de cabelo de uma mulher, escrita na linguagem elevada da "Odisseia" de Homero (da qual Pope escreveu a tradução mais usada na língua inglesa).

William Blake

Nascido em 1757, William Blake foi o primeiro dos poetas românticos. Ele também era um artista e ilustrou a maioria de seus poemas. Era um místico e acreditava ter sido visitado por anjos e profetas das escrituras hebraicas. Os poemas lidam com a relação da inocência com a experiência, assim como a do inferno com o céu. Ele é famoso por pegar o Satã de Milton e transformá-lo em um herói menos ambíguo. Isso quase o fez ter problemas com a justiça.

Alfred Lord Tennyson

Alfred Lord Tennyson foi o poeta mais influente da segunda metade do século 19. A maioria dos escritos são sobre temas clássicos ou medievais, e os melhores trabalhos se concentram em personagens como o Odisseu, de Homero, e a "A dama de Shallot", uma figura livremente inspirada em uma lenda medieval arturiana. Tennyson é hoje um dos poetas britânicos mais citados.

W.H. Auden

O século 20 foi dominado por poetas fora da Inglaterra, especialmente América e Irlanda (e, no caso de Dylan Thomas, País de Gales). Mas um poeta britânico se tornou imensamente significativo: W. H. Auden. Sua carreira, de mais de 40 anos, foi marcada por repetido sucesso de crítica. Hoje, o seu poema mais famoso é "1º de Setembro de 1939", o qual começa como uma meditação sobre a Segunda Guerra Mundial e muda para uma contemplação da própria vida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível