Mais
×

Pontos turísticos brasileiros preferidos pelos estrangeiros

Getty Images

Introdução

Privilegiado por suas belezas naturais e sua cultura diferenciada, o Brasil tem atraído cada vez mais turistas estrangeiros. Com os próximos eventos esportivos que ocorrerão, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olímpiadas de 2016, o país se prepara para se tornar um dos maiores centros turísticos do mundo. Cidades como Salvador e Rio de Janeiro já se tornaram um dos destinos mais procurados para a viagem de férias. Outro diferencial é o povo, que recebe de braços abertos os visitantes. Nas pesquisas, o brasileiro é citado como um dos mais receptivos, alegres e hospitaleiros. Quem vem, quer voltar.

Getty Images

Cristo Redentor

O monumento é o que mais identifica o Brasil no exterior e fica no Morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, a 710 metros acima do nível do mar. Sua altura total é de 38 metros e a estátua soma 30 metros de largura de mão a mão. É toda esculpida em pedra sabão e foi inaugurada em 1931. Em 2007 tornou-se uma das novas Sete Maravilhas do Mundo Moderno. A subida pode ser feita de trenzinho, em 20 minutos, pela Estrada de Ferro do Corcovado, no Cosme Velho, inaugurada em 1884 por D. Pedro 2º.

Getty Images

Cataratas do Iguaçu

Destino certo da maioria dos estangeiros que vêm ao Brasil, as Cataratas do Iguaçu proporcionam um espetáculo deslumbrante da força e beleza da natureza. Localizada dentro do Parque Nacional do Iguaçu (pelo lado brasileiro), em Foz do Iguaçu, no Paraná, a região é tombada como Patrimônio Natural da Humanidade. Trata-se de um conjunto de cerca de 275 quedas, no Rio Iguaçu, na fronteira entre Foz de Iguaçu, no Brasil, Puerto Iguazú na Argentina e a Ciudade del Este, no Paraguai. Uma dessas quedas, a Garganta do Diabo, tem 82 m de altura.

Getty Images

Salvador, Bahia

Com lindas praias, clima quente, o visitante pode ainda aproveitar e conhecer o centro histórico do Pelourinho, um conjunto arquitetônico preservado do barroco colonial português. O acesso é pelo Elevador Lacerda, que liga a cidade baixa à cidade alta. Na região encontram-se bares, restaurantes, museus e igrejas belíssimas como a de São Francisco, cujo interior é revestido em ouro. À noite, nada melhor que aproveitar as festas de Salvador ou experimentar a deliciosa cozinha baiana.

Getty Images

Praias do Arpoador, Ipanema e Leblon

Desfrutar de um dia de praia na região litorânea mais nobre do Rio é um programa imperdível. As três praias ficam uma ao lado da outra e a paisagem é deslumbrante. Ipanema é conhecida mundialmente pela música "Garota de Ipanema", de Tom Jobim. No verão é chegar, estender a toalha e aproveitar a brisa, o mar e o sol, bebendo uma água de coco bem gelada.

Getty Images

Brasília, obra prima da arquitetura

A capital federal do país e sede do Distrito Federal foi planejada e desenvolvida pelo urbanista Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Inaugurada em 1960, a capital atrai inúmeros turistas, que desejam conhecer suas amplas avenidas e prédios arquitetônicos famosos como o Palácio da Alvorada, o Congresso Nacional, a Ponte JK e a Catedral Metropolitana de Brasília. Vista de cima, a região principal da cidade tem o formato de um avião.

Getty Images

Parati (RJ)

Com seus casarões coloniais, ruas feitas de pedras “pés de moleque”, onde o acesso de carros não é permitido, igrejas históricas e mar ao fundo, Parati é um lugar imperdível, que atrai muitos turistas estrangeiros. Durante o dia é possível fazer passeios de barco pelas praias próximas. Uma caminhada pelo centro histórico nos remete à época do Brasil Colônia, quando a cidade surgiu em 1667, em torno da Igreja Nossa Senhora dos Remédios. Parati teve grande importância por seus engenhos de cana-de-açúcar. A noite da cidade é bem animada: seus restaurantes ficam sempre cheios e suas ruas bastante movimentadas.

Getty Images

Pantanal

Uma região que tem atraído muitos estrangeiros é o Pantanal. Essa imensa planície alagável, que fica nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, tem cerca de 140 mil km2 somente em território nacional. Quem deseja sossego, aventura, contemplação e contato com a natureza, não pode perder a oportunidade de conhecer esse destino. É possível fazer safaris fotográficos de barco ou veículo 4x4 para encontrar tucanos, araras-azuis, jacarés, capivaras, tamanduás-bandeira e mutas outras espécies. E ainda desfrutar de um pôr do sol paradisíaco!

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Estádio do Maracanã

O estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido por Maracanã, foi inaugurado em 1950 para a Copa do Mundo no Brasil. Como maior estádio do mundo, sempre atrai turistas que desejam conhecer o palco de grandes clássicos do futebol. O estádio está passando obras de modernização para receber os próximos eventos esportivos que ocorrerão no país. É lá que ocorrerão as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016 e a partida final da Copa do Mundo de 2014.

Getty Images

Lapa

Bairro do centro do Rio onde ficam os famosos Arcos da Lapa, aqueduto que levava a água do Rio Carioca a algumas ruas da cidade, na época do Brasil Colônia. Nos anos 50, os bares e cabarés da Lapa passaram a ser frequentados por artistas e intelectuais. Hoje a região tem uma das noites mais movimentadas do país, com inúmeros restaurantes e bares onde ocorrem apresentações musicais de jazz, MPB, música eletrônica e samba. Com a arquitetura do início do século preservada, é possível se sentir no Rio Antigo, mas com a efervescência cultural dos dias atuais.

Getty Images

Carnaval

Uma das festas mais conhecidas do mundo, o Carnaval do Brasil, principalmente o do Rio, Salvador e Pernambuco, atrai sempre muitos turistas e artistas internacionais para participar dessa grande festa popular brasileira. No Sambódromo do Rio de Janeiro, o desfile das Escolas de Samba é considerado a maior manifestação cultural do planeta. O domingo e a segunda-feira de Carnaval são os principais dias, quando desfilam as Escolas do Grupo Especial, como Mangueira, Beija-Flor e Portela. Há turistas que conseguem comprar sua fantasia e desfilar numa das agremiações. Dá para aproveitar também o Carnaval de rua que só acaba na Quarta-Feira de Cinzas.