×
Loading ...

Como saber se uma porca produtora de suínos de abate está no cio

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As pessoas criam muitos tipos de porcos, sendo os mais comuns aqueles destinados para o abate. Eles são criados especificamente para serem abatidos, fornecendo produtos de carne de porco para os consumidores em todo o mundo. Porcos de abate produzem grandes ninhadas, muitas vezes dando a luz a mais de dez leitões por cada vez. Saber quando seu porco de abate está no cio é o primeiro passo para a produção de leitões saudáveis.

Instruções

A detecção adequada do ciclo é necessária para produzir ​​ninhadas de suínos saudáveis para abate (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Ouça os barulhos ou grunhidos excessivos de sua porca de abate. Quando a época do cio se aproxima, muitas fêmeas tornam-se mais vocais no esforço de atrair a atenção dos machos.

    Loading...
  2. Observe as orelhas da porca em busca de sinais do cio. As porcas no cio moverão suas orelhas muito pouco, mantendo-as quase eretas. Em raças mais orelhudas, as orelhas vão se contrair para frente e para trás rapidamente e com frequência. Essa movimentação das orelhas ocorre em quase todas as raças de porcos.

  3. Examine a vulva do animal para ver se há inchaço ou secreção. Ocorre uma leve camada de muco em muitas fêmeas no cio, e a vulva ficará inchada, com uma cor rosa ou vermelho profundo. Você não pode ver a descarga, mas quantidades excessivas de materiais do terreno do curral vão ficar grudadas na extremidade traseira da porca, durante os ciclos de cio.

  4. Pressione para baixo nas costas da porca, para verificar se ela está no cio. A rigidez dos lombos designa o momento em que as porcas estão mais receptivas ao acasalamento, pois a fêmea fica absolutamente imóvel quando o peso é colocado sobre os seus lombos. Se ela se move para frente ou se vira quando você a toca, ainda não está no cio.

  5. Coloque um porco maduro para a porca em um cercado resistente. A porca no cio vai acariciar e cheirar o macho, virando seus quartos traseiros em direção ao muro de cerca para permitir que o macho cheire-a. As fêmeas receptivas devem ser colocadas em um local com o macho, permitindo o acasalamento assim que o cio for identificado.

Loading...

Dicas

  • As fêmeas que nunca pariram nenhuma ninhada, conhecidas como marrãs, muitas vezes mostram poucos sinais exteriores de cio em comparação com as mais velhas.

Aviso

  • Nunca deixe machos e fêmeas juntos se estas não estiverem no cio. As fêmeas não receptivas podem lutar com os machos e provocar lesões.

Referências

Loading ...
Loading ...