Qual porcentagem de minha receita deve ir para a folha de pagamento?

Escrito por alan rambaldini | Traduzido por allisson ester de paiva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual porcentagem de minha receita deve ir para a folha de pagamento?
Faça os cálculos para descobrir o quanto de sua receita está indo para gastos com a folha de pagamento (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Para muitos empresários, os gastos associados aos salários dos empregados são os itens de maior gasto. Especialmente, esse é o caso para empresários de serviços, que não têm grandes gastos associados ao custo de produtos vendidos. Devido ao tamanho desse gasto, uma gestão cuidadosa da lista de pagamentos é necessária para preservar a lucratividade.

Outras pessoas estão lendo

A importância de gerenciar os gastos com a folha de pagamento

Gerenciar o gasto com sua folha de pagamento é diferente de outros gastos devido ao fator humano envolvido. Os empregados esperam que sejam pagos regularmente, geralmente duas vezes ao mês. Outros gastos como aluguel ou utilidades são menos frequentes e muitos gastos, como com suprimentos, podem ser comprados no crédito, com o pagamento vencendo em 60 dias ou mais. No evento de uma crise, você poderá, frequentemente, negociar com fornecedores para aumentarem os prazos de pagamento, o que é muito mais difícil de se fazer com os empregados.

Folhas de pagamento podem variar com o tipo de negócio

O quanto de sua receita que pode ir para a folha de pagamento depende muito do tipo de negócio que você tem. Por exemplo, um salão de beleza terá basicamente dois gastos: folha de pagamento e aluguel; enquanto um posto de gasolina terá o custo da gasolina e o inventário, juntamente com a folha de pagamento e o aluguel. Nesse caso, o salão de beleza destinará uma porcentagem maior de sua receita para a folha de pagamento do que o posto de gasolina.

Folhas de pagamento podem variar de acordo com a localização

A localização é muito importante, pois as pessoas tendem a comprar perto de onde moram, de modo que o gasto com aluguel será muito maior onde existe mais tráfego. Por exemplo, um salão de beleza em uma área nobre terá muito mais gasto com aluguel do que um salão em uma vizinhança mais simples. Nesse caso, o salão de beleza na vizinhança mais simples pagará uma maior porcentagem de sua receita com o salário para seus funcionários do que o salão na área nobre.

Regras gerais

Enquanto a folha de pagamento pode variar de acordo com o tipo de negócio e a localização, qualquer negócio com uma folha de pagamento que exceda 50% das receitas está propenso a ter problemas financeiros. Depois que outras despesas e impostos já forem contabilizados, restará pouco. Por outro lado, negócios que mantêm a folha de pagamento abaixo dos 30% devem ser bem sucedidos. Qualquer ponto entre 30 a 38% para a folha de pagamento, como porcentagem da receita, é geralmente uma zona lucrativa para se estar, sendo a extremidade superior dessa faixa reservada para negócios baseados em serviços, e o oposto para os fabricantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível