As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica

Escrito por jason iannone | Traduzido por gabriela drumond
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica
Instrumentos similares são sempre colocados juntos (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

O posicionamento de instrumentos em uma orquestra sinfônica é vital para o sucesso de uma obra de música. Se instrumentos similares forem colocados em áreas múltiplas e não agrupados juntos, o som pode tornar-se misturado e incoerente ao ouvinte. Do mesmo modo, se instrumentos baixos forem posicionados próximos a instrumentos altos, o som deles pode se perder. Nem todo arranjo é igual (algumas orquestras têm menos instrumentos, por exemplo), mas organização e sincronia são sempre um requerimento.

Outras pessoas estão lendo

Cordas

Instrumentos de corda, como violinos, cellos, baixos e violas, são posicionados à frente da orquestra, mais próximos do regente. Se a orquestra tem uma harpa, esta é posicionada no final da seção. Os primeiros violinos, que se preocupam principalmente com a melodia, sempre estão localizados à esquerda do regente (na perspective dele). O violinista mais próximo do regente é o concertino (ou spalla), que ajuda na afinação dos outros violinos e administra a comunicação entre regente e orquestra.

As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica
De muitos modos, a seção dos violinos é a pedra angular de uma orquestra (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Sopros

Normalmente, diretamente atrás da seção de cordas está a de sopros. Esses instrumentos incluem flautas, piccolos, clarinetes e oboés. Em uma montagem típica de orquestra, que é desenhada em um semicírculo, os sopros estão, na maioria das vezes, posicionados diretamente no centro. Assim como os instrumentos solo, eles são geralmente mais agudos que os outros tipos de instrumento. Portanto, colocá-los no centro contribui para o equilíbrio do som e reduz o risco de abafar os outros instrumentos.

As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica
De todos os sopros, o piccolo é o mais agudo (Comstock/Comstock/Getty Images)

Metais

Metais como trompas, trompetes e tubas são tipicamente localizados próximos ao fundo da orquestra. Isso ocorre principalmente devido ao alto volume desses instrumentos, ainda mais quando colocados juntos. Um dos metais, o saxofone, é utilizado somente algumas vezes nas orquestras sinfônicas. Quando usado, ele é normalmente colocado mais próximo aos sopros em função de sua participação usualmente ocorrer em par com os sopros, exigindo um equilíbrio do som apropriado.

As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica
Os metais, como a tuba, adicionam volume extra à performance de uma orquestra (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Percussão

Os instrumentos de percussão, como o tambor, o triângulo e os tímpanos, fornecem o ritmo, tempo e a batida de uma peça. Os tambores são normalmente posicionados mais ao fundo da orquestra, assim seu som crescente não interfere nos outros instrumentos. Percussões mais agudas, como o xilofone, são colocadas mais comumente à frente, perto da seção de sopros, enquanto os tímpanos normalmente complementam as baixas notas da seção de metais, sendo assim colocados próximos a eles.

As posições dos instrumentos em uma orquestra sinfônica
Ritmo e tempo são derivados da seção de percussão (Michael Blann/Photodisc/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível