É possível contrair lombrigas de seu cão?

Escrito por donna smith | Traduzido por tamara loebe
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
É possível contrair lombrigas de seu cão?
Vá ao veterinário regularmente para verificar a saúde de seu cão (dog portrait image by Joy Fera from Fotolia.com)

Lombrigas em seu cão podem se transformar em um problema persistente, causando uma doença séria. Como proprietário do animal, é importante manter um olhar diligente sobre seu comportamento para saber quando ele está se sentindo mal. Carrapatos, pulgas e vermes consideram o seu cão um hospedeiro ideal. Um ataque incontrolável de vermes não é apenas ruim para seu cão, mas também pode afetar você e seus filhos.

Outras pessoas estão lendo

O que são lombrigas?

Lombrigas são um parasita comum que pode se alojar no intestino de um cão. O ciclo de vida do verme é consiste em ovos, larvas e vermes, que podem crescer até 20 cm. As lombrigas produzem ovos constantemente, que podem sobreviver na terra e ficarem dormentes por anos.

Contraindo lombrigas

Cães adultos podem contrair lombrigas comendo vermes infectados com o parasita ou terra contaminada. Cadelas gestantes infectadas podem passar o parasita para sua prole. Os filhotes podem se infectam no útero ou após o nascimento. Os seres humanos também podem contrair o verme. As crianças são especialmente suscetíveis a este tipo de parasita, pois elas brincam na terra e colocam as mãos na boca, podendo ingerir o verme.

Sintomas de uma infecção

Os sinais de que um cachorro está com lombrigas são barriga saliente, pelos fracos, incapacidade de ganhar peso, tosse, soluços e, por vezes, convulsões. Cães adultos e jovens infestados com vermes sofrem de vômitos, diarreia e perda de apetite. Quando um animal experiencia um caso extremo de infestação, você poderá ver vermes em suas fezes. Uma criança infectada pode apresentar febre, tosse, asma ou pneumonia.

Lombrigas são perigosas?

As lombrigas viajam através do sangue até os pulmões do cão, causando tosse. As larvas podem migrar para o fígado e cérebro. Em cães adultos, elas não representam graves problemas de saúde. Cachorros que não apresentarem sinais de uma infecção podem combater o problema com uma dieta nutritiva. O número de lombrigas irá diminuir à medida que o filhote cresce. Chame o veterinário se o cachorro apresentar sintomas de uma infecção e se os sintomas não desaparecem. Um filhote com uma infecção grave de lombrigas pode desenvolver um intestino rompido. Lombrigas em uma criança podem viajar através dos tecidos do corpo, causando danos como aumento do fígado, febre, reação alérgica ou infecções oculares. Adultos com lombrigas podem experimentar sintomas leves, como diarreia, mas não terão qualquer problema de saúde duradouro.

Tratando uma infecção

Um filhote de cachorro com uma infecção da lombriga grave deve ser tratado com vermífugos prescritos pelo seu veterinário. A medicação é geralmente administrada a cada duas semanas, até que o cachorro atinja 16 semanas de idade. O diagnóstico para um ser humano é feito através de um exame de sangue. Seres humanos com uma infecção de lombriga recebem medicamentos antiparasitários e anti-inflamatórios.

Prevenindo infecções

Filhotes podem receber uma dose da vermífugo preventiva com duas semanas de idade. Um veterinário pode verificar o seu cão anualmente, examinando uma amostra de fezes, ou o cão pode ser medicado a cada seis meses para evitar o problema. Elimine a possibilidade seu filho contrair vermes limpando frequentemente o ambiente e descartando as fezes do seu cão. Ensine seus filhos a sempre lavarem as mãos depois de acariciar o cão e de brincar em áreas externas. Não deixe seus filhos brincarem em áreas onde o seu cão defeca.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível