É possível distender os músculos do peito?

Escrito por mike parker | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
É possível distender os músculos do peito?
Um músculo peitoral destendido pode ser uma experiência dolorosa (Image by Flickr.com, courtesy of Josh Pesavento)

O seio (masculino e feminino) é composto de material glandular cercado por tecido adiposo e encapsulado pela pele. Ele se une à parede do torso por ligamentos e se encontra em cima dos músculos peitorais, que lhe garante apoio. Isto quer dizer que o seio, em si, não possui tecido muscular e que, portanto, não há como distendê-lo. No entanto, é possível danificar os ligamentos ou mesmo o músculo que dá suporte ao seio.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de danos

Músculos distendidos, inclusive os que dão suporte aos seios, caem em três tipos ou graus. O primeiro grau envolve menos de 5 por cento da massa muscular e, tipicamente, gera um pouco de dor e restrição de movimento. O segundo grau é, em geral, chamado de rompimento parcial. A dor nesse nível é considerável, assim como é a restrição ao movimento. Já o terceiro grau traz o rompimento total do tecido muscular, com muita dor, incapacidade de contração do músculo e ainda hemorragia interna, podendo ser necessário até mesmo uma intervenção cirúrgica para a reparação do dano.

Identificação

O músculo peitoral distendido pode ser identificado pela presença de dor (em níveis variados) na área afetada. É comum haver ainda hematoma e inchaço no local, além de certa perda de mobilidade e força.

Considerações

Os músculos peitorais não são comumente associados a distensões ou rompimentos em função de sua localização no corpo. O problema é mais comum nos músculos dos membros, como os do bíceps ou os da canela. Mas atividades intensas demais, como o levantamento de peso (ou mesmo carregar uma criança), ou o impacto de um acidente de carro podem causa a distensão destes músculos.

Tratamento

Ao notar um músculo peitoral distendido, pare de fazer a atividade que lhe esteja causando dor. Comece imediatamente a aplicar gelo sobre a área afetada. Use faixas para criar um suporte ao redor do peito e entre em contato com um médico que possa avaliar a gravidade do problema e encaminhá-lo para o tratamento profissional.

Atenção

Continuar a se exercitar vai apenas piorar o quadro, aumentando a hemorragia interna. Massagear a área afetada pode criar um trauma adicional. Não aplique calor durante a fase de primeiros socorros, porque isto aumentará o fluxo sanguíneo no local.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível