É possível verificar os sites visitados pelos meus filhos após eles terem excluído o histórico de navegação?

Escrito por ashley poland Google | Traduzido por diego feijo cabral silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
É possível verificar os sites visitados pelos meus filhos após eles terem excluído o histórico de navegação?
É importante ensinar noções básicas de segurança na internet aos seus filhos (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Infelizmente, é de conhecimento geral que, para manter a privacidade de seus hábitos de navegação, é necessário deletar seu histórico — e as crianças sabem disso tão bem (se não mais) quanto os adultos. Se os seus filhos utilizam um navegador que ofereça um modo de privacidade (Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome possuem todos esta opção), não será possível monitorar as atividades deles sem o uso de software ou hardware de terceiros.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Verifique os cookies, caso eles ainda não tenham sido excluídos. A maneira que isso será feito dependerá do seu navegador. No Internet Explorer, vá até "Ferramentas > Opções da Internet", selecione "Configurações" em Histórico de Navegação e clique em "Exibir arquivos". Também serão exibidos todos os arquivos temporários da internet de sites acessados no navegador. No Firefox, clique em "Ferramentas > Opções > Privacidade", selecione a guia "Cookies" e pressione "Exibir cookies".

  2. 2

    Verifique a Lixeira, para o caso em que os seus filhos tenham esquecido de cobrir as pegadas. Se os arquivos não estiverem lá, ainda é possível utilizar programas como "NTFS Undelete", que permite que certos arquivos sejam recuperados mesmo após terem sido removidos da Lixeira (veja em Recursos). O êxito deste método não é garantido, pois os espaços do disco em que esses arquivos estão armazenados podem ser sobrescritos rapidamente enquanto o computador estiver em uso; ainda assim, é uma solução que pode ser utilizada imediatamente após o histórico ter sido apagado.

  3. 3

    Habilite o recurso de registro de logs do seu roteador para monitorar todos os sites que estiverem sido visitados através desse dispositivo. Isso poderá resultar em bastante ruído branco, dependendo do número de usuários que fazem parte da rede e o quanto ela é utilizada pela sua família, mas esse método não pode ser prejudicado pela exclusão da história ou dos cookies. Consulte o manual de usuário ou o site do seu roteador para mais detalhes sobre a habilitação do registro de logs.

  4. 4

    Instale um keylogger no seu computador. Keyloggers registram cada toque no teclado e salvam esta informação como um arquivo de texto. Existem diversas variações de keyloggers. Algumas são consideradas mais furtivas do que outras, como a Family Keylogger e a Smart Keystroke Recorder (veja em Recursos).

Dicas & Advertências

  • Algumas vezes, falar com os seus filhos sobre os seus hábitos de navegação é mais eficaz do que esgueirar-se atrás deles; não tenha medo de perguntar às suas crianças o que elas estão fazendo na internet.
  • Programas como o Wallwatcher podem ajudá-lo a analisar e filtrar os logs do seu roteador para que você possa entender melhor os hábitos de navegação dos seus filhos.
  • Existem vários programas e utilitários que permitem filtrar e bloquear certos sites ou conteúdos. Eles apresentam melhores resultados quando você está certo sobre algum site específico ao qual você queira impedir o acesso dos seus filhos; muitas vezes, porém, eles podem ser burlados pelo uso de "proxy" ou por alguma criança bastante esperta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível