Como eu posso curar uma subluxação da bainha do Tendão Extensor Ulnar do Carpo (TEUC)?

Escrito por amanda goldfarb | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como eu posso curar uma subluxação da bainha do Tendão Extensor Ulnar do Carpo (TEUC)?
Lesões TEUC são comuns nos jogadores de tênis (tennis player image by Snezana Skundric from Fotolia.com)

Originando-se no limite entre a ulna e úmero, e estendendo-se pelo comprimento do braço até o quinto metacarpo, o Tendão Extensor Ulnar do Carpo (TEUC) é responsável pela extensão e adução do punho. A bainha do TEUC o mantém no lugar. Qualquer rompimento dessa bainha é referido como uma ruptura. O tendão, agora sem suporte, está livre para movimentar-se na cavidade do punho. Essa condição é muito dolorosa e perigosa, porque o tendão pode ficar preso dentro da cavidade do punho. O paciente precisa de cirurgia para reparar a ruptura, seguida de fisioterapia intensiva para reconstruir o músculo circundante.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fita adesiva médica
  • Tala
  • Envoltório para punho

Lista completaMinimizar

Instruções

    Imobilização

  1. 1

    Imobilize o braço por três a quatro meses depois da lesão ou cirurgia para garantir que o tendão terá tempo para curar-se. Usar uma tala bloqueadora da ulna é um procedimento normal porque bloqueia o movimento da ulna. Outras talas podem ser usadas, contanto que o braço permaneça completamente imobilizado.

  2. 2

    Inspecione o braço e o punho em busca de quaisquer sinais de inchaço ou hematomas. Inflamação do tendão é o sinal mais óbvio de que o tendão não está curado. Apalpe o punho para checar por dor ou sensibilidade. Alguma sensibilidade é normal, mas dor aguda ou penetrante pode indicar um problema mais profundo.

  3. 3

    Comece a sua rotina de exercícios para o punho devagar. Você experimentará uma perda significativa de movimentos, já que que seu punho foi imobilizado por um longo período de tempo. Um bom exercício para começar é a extensão do punho. Coloque o seu antebraço e punho em uma superfície plana. Usando a outra mão, levante a mão do punho lesionado e empurre-a vagarosamente em direção ao seu corpo. Não force a mão de volta; vai levar um tempo até a recuperar a flexibilidade.

  4. 4

    Coloque o seu antebraço numa superfície plana com a sua palma voltada para baixo. Usando a outra mão, movimente a mão do punho lesionado da esquerda para a direita. Esses são exercícios de desvio radial. Uma vez que você aumentar a força do seu punho, você pode adicionar um pequeno peso para continuar desafiando a si mesmo.

  5. 5

    Envolva o punho para proteção e apoio sempre que você estiver usando-o para uma tarefa extenuante. Coloque o punho numa posição neutra, na qual a palma fique para baixo, e o braço reto. Usando um elástico de envolver o punho ou fita adesiva médica, enrole o pulso em um movimento circular. Você pode adicionar apoio colocando algumas tiras de fita em um padrão horizontal.

Dicas & Advertências

  • Consulte um médico se você sentir um aumento significativo da dor enquanto faz qualquer um dos exercícios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível