Posso vender meu carro se ainda devo o empréstimo?

Escrito por shanan miller | Traduzido por lígia monteiro
Posso vender meu carro se ainda devo o empréstimo?

Venda seu carro financiado

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Revendedores aceitam veículos para venda mesmo se haja um empréstimo corrente. No entanto, você pode encontrar dificuldades quando for solicitar um novo empréstimo se você dever mais que o valor do veículo, conhecido como estar de ponta-cabeça. Antes de decidir vender seu veículo financiado a um revendedor, considere o processo e avalie se ele lhe beneficia financeiramente antes de fechar negócio.

Outras pessoas estão lendo

Processo de venda

Mesmo com uma venda financiada, você pode comprar um carro normalmente. O vendedor irá perguntar se você quer vender o seu atual veículo. Na maioria dos casos, você pode escolher um carro para comprar e permitir ao vendedor que avalie sua venda. Quando existe um empréstimo, seu vendedor contata o credor para sabe o montante do lucro do empréstimo. O valor da venda e o montante do empréstimo são considerados no preço e nas parcelas do empréstimo de sua nova compra, caso você pretenda usar um financiamento com o revendedor. Uma vez que você aceite a compra, o revendedor rapidamente paga seu empréstimo antigo para tomar posse do carro.

Justiça

Se você deve menos que o valor do veículo, todo crédito vai para a nova compra. Por exemplo, se você comprar um veículo que custa R$20.000, porém tem uma revenda no valor de R$10.000 e um montante de empréstimo de R$8.000, R$2.000 é deduzido da compra de seu veículo novo, similar a uma entrada. No entanto, a maioria dos estados oferece uma redução na taxa quando há uma revenda, então espere por uma dedução. No mesmo cenário, é sensato prever o pagamento de taxas nos R$10.000, não no preço de compra. A maioria dos estados reconhece que você já pagou taxas numa revenda.

Justiça negativa

Se você deve mais que o valor de seu carro, a diferença negativa é transferida para o preço de compra do novo veículo. Isso pode causar problemas com um novo financiamento. Os bancos oferecem empréstimos baseados no valor de mercado do veículo, ou seja, sem descontos (para a compra de um carro novo), ou descontos do revendedor, você pode ter de pagar uma quantia para corrigir o empréstimo e o montante do valor. Os credores também utilizam sua notação de crédito para decidir o seu índice de empréstimo ou valor, então se você tem um crédito excelente, o banco pode ampliar até 120% do valor do veículo. Transferir uma dívida cria uma compra líquida negativa. Use um pré-pagamento para evitar aumentar a dívida.

Outras opções

Você pode vender o seu veículo por conta própria para ganhar mais dinheiro, mesmo se ele estiver no saldo de um empréstimo. Ligue para o banco para saber o montante de pagamento do empréstimo e venda o veículo para pagar o credor. Os revendedores geralmente oferecem valor de atacado para carros em revenda, o que significa um valor muito inferior ao que você pode obter em uma venda privada. Vender o carro por conta própria pode diminuir a quantidade de dinheiro que você precisa pagar de entrada para uma nova compra. O objetivo é pagar seu credor a diferença entre o preço de venda do veículo e o montante do empréstimo. Esta quantia deve ser menor que a diferença entre o valor de atacado e o montante do valor do empréstimo.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media