As posturas de Buda e os seus significados

Escrito por contributing writer | Traduzido por christine sousa barros de carvalhosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As posturas de Buda e os seus significados
O Budismo começou na Índia (http://www.great-buddha-statue.com/index.htm)

A imagem de Buda é um ícone na religião mundial. A despeito de ser uma religião que em seu âmago incentiva o desapego de todas as coisas materiais, a iconografia é amplamente difundida nas culturas budistas. Há uma variedade de poses tradicionais em que as estátuas de Buda são encontradas, cada qual com seu próprio significado.

Outras pessoas estão lendo

História

O Budismo recebeu seu nome de seu fundador, Siddharta Gautama, que nasceu príncipe na Índia aproximadamente 500 a.C. Embora ele tenha vivido uma vida de opulência como príncipe, em determinada época ele abandonou seu estilo de vida materialista. Sua formação criou a base do que veio a se tornar o Budismo, e sua imagem é idoloatrada. Entretanto, muitas estátuas de Buda pertencem a outros Bodhisatvas, um termo que define qualquer um que tenha se tornado iluminado, escolhendo porém permanecer na Terra e ensinar. Mesmo que Siddhartha Gautama tenha sido o primeiro, ele não foi o único.

Geografia

O Budismo começou na Índia e espalhou-se por quase toda a Ásia, particularmente no Leste e Sudeste da Ásia. Por ser uma religião tolerante, à medida que se espalhou de um lugar para outro ela adquiriu características regionalistas. Assim, o Budismo no Japão tem uma forma de prática diferente do que aquela da Índia, China ou da península sudeste da Ásia. Isto parcialmente explica porque os retratos do Buda variam de região para região. Ademais, várias divindades e figuras locais foram muitas vezes incorporadas às imagens do Budismo. Combinado com as imagens locais do Buda, isto é, pessoas que encontraram a luz, há uma variedade expressiva de estátuas do Buda encontradas na Ásia.

Os Tipos

Há uma grande variedade de poses, mas algumas são mais comuns. O Buda sentado com as pernas cruzadas e as mãos dobradas em seu colo, conhecida como a posição lótus, é a figura mais comum. Ela pode ser encontrada em quase todos os locais em que o Budismo formou raízes. Outras poses frequentemente projetadas incluem o Buda com sua mão levantada ou uma mão tocando a terra. Às vezes poderemos encontrar o Buda também deitado, na pose que é conhecida como a posição reclinada. Também há uma famosa representação do Buda que ficou conhecida como o "Buda risonho" por conta da sua expressão (ao invés da barriga redonda).

O Significado

Cada uma das diferentes posturas transmite um significado diferente. A posição lótus representa o processo de meditação, um importante aspecto do Budismo. Se a mão estiver levantada, significa o afastamento de coisas que poderiam causar medo. Se a mão estiver tocado a terra, ela transmite a solidez do solo em uma metáfora de estabilidade da verdadeira fé budista. O Buda reclinado geralmente representa a passagem final para nirvana, que é o estado de vazio desejado por algumas seitas de Budistas. O Buda risonho é baseado no monge chinês.

Função

Apesar da pose, cada estátua de Buda se presta essencialmente para a mesma função - inspirar a meditação e reflexão sobre os princípios do Budismo. As diferentes poses certamente são destinadas a fornecer inspiração para diferentes aspectos dos ensinamentos budistas, embora aquelas estátuas que ocupam o lugar central nos templos tendem a ser maiores. Entretanto, muitas vezes há figuras menores do Buda espalhados no ambiente do templo, para fornecer inspiração independente de onde o fiel decida ir.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível