O que é PPAP?

Escrito por alicia crowder | Traduzido por leandro albernaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é PPAP?
PPAP é utilizado de forma abrangente pela maioria das indústrias (http://2.bp.blogspot.com/_p-WrtijcogQ/RqEZFkLQfaI/AAAAAAAAADI/iGzpHgMPVqg/s400/Quality%2BPlanning.JPG)

Muitas companhias industriais precisam que seus fornecedores utilizem processos PPAP. O PPAP, ou Production Part Approval Process (Processo de aprovação de peças de produção), é usado por quase todas indústrias que produzem peças e prestam serviços de mercadorias. Este é o padrão utilizado para assegurar a qualidade e eficiência em relação à produção de peças. O PPAP é, também, uma forma eficaz de se monitorar a prudência financeira; seus benefícios incluem a medição da execução, a análise do retorno do investimento de cada peça dada no processo de produção e a análise de negócio para o processo de produção. A prudência legal e a conformidade padrão da indústria também são medidas. PPAP é um conjunto de padrões dentro de outro ainda maior, chamado APQP, que significa Advanced Product Quality Planning (Planejamento avançado de qualidade de produto). Esse termo genérico é usado para padrões formalizados e processos fixos que garantem o fornecimento de peças de qualldade para o consumidor final.

Outras pessoas estão lendo

História

Em 1982 a equipe de gestão da General Motors, Chrysler e Ford Motors fundou a AIAG (em português, Grupo de ação da indústria de automóveis). O grupo criou, então, o APQP e o Control Plan (Plano de controle), dentro desses padrões, o AIAG desenvolveu o PPAP para acelerar os processos de planejamento de qualidade das peças de produção.

Indústrias

Essencialmente, as indústrias automotivas e de semicondutores ulilizam os padrões e processos PPAP. No entanto, qualquer indústria que implemente ISO/TS 16949 também usa padrões PPAP. ISO/TS 16949 está ligado à aplicação dos padrões ISO 9000, que são necessários para a distribuição internacional legalizada de várias peças.

Propósito

O PPAP é em grande parte necessário de forma que o cliente não encontre nenhum defeito em peças. Isso é conseguido com a análise da produção de ferramentas antes da produção em massa real da peça. Através do PPAP, relatórios de teste do processo são gerados para qualquer produto, e o consumidor tem a garantia de que todas as expectativas do produto serão alcançadas todo o tempo, mesmo quando as encomendas massivas, as transações constantes e troca global complicam o negócio de peças.

Processo

Durante a fase de produção para o planejamento de qualidade, um fluxograma do processo é criado. A partir dele, um modo de processo de falha e análise de efeitos são estabelecidos (PFMEA em inglês). Um plano de controle é feito baseado nos resultados do PFMEA. O plano de controle é desenvolvido detalhando como os processão são controlados e como qualquer problema com não conformidade será resolvido. (O balanço dos processos de fabrico exigem planos de controles assim como cumprir parte dos requerimentos de documentação). O Gauge R&R, ou Gauge Repeatability and Reproducibility Analysis (medidor de análise de repetibilidade e reprodutibilidade), será necessário. Uma amostra de fabrica, utilizando-se o esquema de produção especificado, é necessária para testar os processos. Os resultados dessa amostra de produção são, então, analisados e documentados estatisticamente para completar o PPAP.

Treinamento

O treinamento de PPAP é oferecido como parte de um outro treinamento em cursos de treinamento APQP. Esse tipo de curso pode ser encontrado no site da AIAG. A curso de PPAP custa R$ 400,00 e o de APQP, R$ 1.990,00. Ambos são autorizados. Estes cursos ensinam documentação, produção de peças e processos, e requerimentos do controle de qualidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível