Como saber se pratos de louça antigos são valiosos

Escrito por susan ward | Traduzido por sophia coe
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como saber se pratos de louça antigos são valiosos
Procure pelas marcas nas louças, elas podem ser nome ou números (china set image by Goran Petak from Fotolia.com)

O valor dos pratos de louça antigos depende da empresa, do fabricante, da idade e da condição. Algumas peças antigas, antiquadas ou "vintage" são claramente marcadas, facilitando a identificação, mas há outras que podem não estar marcadas. De qualquer modo, para usar peças antigas e "vintage" de cerâmica e de porcelana, deve-se estar hábil a determinar o valor dos pratos antigos de louça.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Livros antigos e colecionáveis sobre cerâmica

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Procure pelas marcas da empresa ou do fabricante nos pratos antigos. Elas podem ser um nome, um número ou um símbolo e são, geralmente, encontradas na superfície inferior de pratos, tigelas, peças para servir, xícaras e pires.

  2. 2

    Identifique as marcas usando livros antigos sobre cerâmica ou navegando pelos websites. Algumas empresas que estão atuando há muito tempo pode ter muitas marcas diferentes. Observe cuidadosamente para identificar o símbolo que seja exatamente igual ao do que está na louças.

  3. 3

    Defina o modelo da louça antiga. Preste atenção na cor de fundo, na decoração e nas bordas. Livros e sites sobre antiguidades e artigos colecionáveis darão exemplos de peças idênticas ou semelhantes.

  4. 4

    Compare as louças velhas, antigas ou vintage com as peças parecidas com as que achar nos livros ou na internet para determinar o valor. Se achar o nome da empresa ou do modelo, a pesquisa será fácil. Se não tiver informações específicas, compare os modelos até achar algo similar.

  5. 5

    Examine a louça, de cerâmica ou de porcelana, para ver a condição em que ela está. Procure por lascas, rachaduras e arranhões. Aprenda, também, a diferença entre uma lasca no esmalte causada por uma batida no objeto e pequenas bolhas que surgem durante o processo de polimento e de aquecimento.

  6. 6

    Ajuste o valor estimado da louça antiga de acordo com as condições desta. Se as peças estiverem em bom estado, podem valer mais que os itens que encontrou para comparar. Alternativamente, se as louças tiverem sinais extensos de desgaste, o valor diminui.

  7. 7

    Considere as variações locais de valor. Por exemplo, uma loja em São Paulo oferece mais dinheiro por um prato de jantar dos anos 30 do que em Salvador. Em contrapartida, xícaras e pires antigos que pertenciam originalmente a uma família local devem valer mais na própria cidade do que em uma cidade distante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível