×
Loading ...

Precauções para o consumo de atum enlatado

Atualizado em 13 junho, 2017

A próxima vez que quiser abrir uma lata de atum com a expectativa de preparar uma saudável salada ou um sanduíche, pense duas vezes. Você pode se surpreender com os ingredientes contidos nesse alimento. Embora o atum ofereça ácidos graxos de ômega-3 saudáveis, bem como vitaminas e minerais, o atum enlatado também pode conter mercúrio, muito sódio, histaminas e bactérias.

Pese os prós e contras antes de abrir uma lata de atum (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Mercúrio

Conservas de atum contém mercúrio, um metal pesado que pode ser tóxico em doses pequenas. O atum vive em águas que contêm grandes quantidades de metilmercúrio, substância que pode prejudicar o sistema nervoso, especialmente em fetos, bebês e crianças pequenas. O atum albacore tem níveis mais altos de mercúrio do que o atum light, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental e a Food and Drug Administration (FDA). Em uma alerta compartilhada ao consumidor, essas duas agências recomendam restringir o consumo de atum a não mais do que 170 g por semana. Ressaltando essa preocupação, pesquisadores da Universidade de Rutgers, em Piscataway, New Jersey, concluíram que os níveis de mercúrio em atum albacore podem ter sido subestimados. A pesquisa foi publicada na edição de novembro de 2004 do "Environmental Research".

Loading...

Sódio

O sódio é um mineral essencial para a vida humana. Quando consumido em quantidades elevadas, no entanto, ele pode aumentar a pressão arterial e risco de acidente vascular cerebral. O atum contém sódio, e muitos produtos enlatados têm um acréscimo de sódio. Se for comer conservas de atum, escolha um produto com baixo teor de sódio ou sem adição de sal.

Contaminação bacteriana

Tal como acontece com outros alimentos, existe o risco que o atum enlatado seja contaminado com bactérias patológicas, tais como o Clostridium botulinum, Salmonella, Shigella, Campylobacter jejuni, Escherichia coli, o que pode causar intoxicação alimentar e até mesmo a morte. Os sintomas podem incluir diarreia, vômitos e dores de estômago, de quatro a 36 horas após a ingestão. Em junho de 2010, o Tri-Union Seafoods, o pai do Chicken of the Sea, registrou 1.105 casos de atum branco enlatado em água. O Food and Drug Administration relatou que o atum foi recolhido devido a uma possível contaminação patológica, causada pelo lacre danificado e aberturas nas latas.

A histamina

Envenenamento por histamina, também chamado de envenenamento escombroide, pode ocorrer se o atum enlatado não for tratado corretamente após ter sido aberto. A histamina se forma quando o aminoácido histidina livre e as bactérias inerentes do atum interagem. Uma vez que a lata é aberta, o atum devem ser consumido no prazo de duas horas ou então refrigerado. O Centro de Segurança Alimentar para a Hong Kong's Special Administrative Region publicou um alerta sobre intoxicação por histamina, e nos Estados Unidos, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças analisaram casos de envenenamento por histamina em atum fresco. Os relatórios da FDA relataram que incidentes de envenenamento por histamina diminuíram desde os relatórios iniciais.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...