Por que você precisa de uma limpeza profunda dos dentes?

Escrito por laura munion | Traduzido por adonis queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que você precisa de uma limpeza profunda dos dentes?
Uma higienização bucal mais aprofundada é muito importante para tratar de doenças na gengiva (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Uma higiene oral regular, incluindo escovação e uso do fio dental, limpa somente a superfície e apenas uma pequena parte dos dentes abaixo da gengiva. A limpeza profunda, que geralmente é realizada por um dentista ou periodontista, chega abaixo da linha da gengiva para remover a placa bacteriana e as bactérias que se formaram lá. A limpeza profunda é geralmente realizada apenas quando uma pessoa tem sintomas de gengivite.

Limpezas profundas são necessárias para permitir que a gengiva e outros tecidos da boca sejam curados. Elas também reduzem a necessidade de procedimentos mais drásticos por deter e, por vezes, reverter os danos causados ​​pela doença da gengiva.

Outras pessoas estão lendo

Doenças na gengiva

A gengivite, também chamada de periodontite, é causada principalmente por bactérias que ficam abaixo das gengivas. Ao longo do tempo, a placa pode construir-se por baixo das gengivas devido às bactérias.

A gengivite provoca muitos sintomas que comprometem a saúde e funcionamento dos dentes para além da sua aparência. Inchaços e sangramento nas gengivas são muitas vezes um dos primeiros sinais de que as bactérias estão presentes. Bolsas embutidas e saliências protuberantes podem se formar nas gengivas, e elas geralmente são preenchidas com pus. Ao longo do tempo, a presença da bactéria destrói as propriedades conectivas das gengivas, o que faz com que elas baixem a partir dos dentes. Isso torna a situação pior, porque as partículas de alimentos e bactérias podem ficar mais facilmente entre os dentes e as gengivas, o que só agrava os sintomas da periodontite.

Os dentes podem, eventualmente, ficar fora do alinhamento ou até mesmo cair por conta dos danos causados ​​pela doença periodontal. Os dentes também afrouxam, devido à perda de massa de osso do maxilar que as bactérias podem provocar ao longo de períodos de tempo prolongados.

Tabaco

Usuários de tabaco correm maior risco de desenvolver doença periodontal. O tabaco e outros ingredientes frequentemente incluídos nos produtos do cigarro produzem inflamação nas gengivas. Eles também promovem o crescimento de bactérias na boca.

Quanto mais bactérias presentes, maior a chance de desenvolver gengivite. De acordo com informações da Mayo Clinic: "O açúcar e substâncias irritantes em tabaco de mascar e outras formas de tabaco podem fazer com que a gengiva se afaste de seus dentes na área da boca onde você coloca a mastigação. Ao longo do tempo, você pode desenvolver doenças gengivais".

Alisamento radicular

Alisamento radicular é uma forma de limpeza profunda. Muitas vezes, é utilizado para tentar reduzir os danos causados ​​por doença periodontal e para permitir que o tecido cicatrize. Esse é um procedimento que remove manchas de placa ou bactérias abaixo da linha das gengivas. Dan Peterson, DDS, de Nebraska, dentista há mais de 30 anos, descreve o alisamento radicular como um procedimento que: "... envolve alisamento radicular da superfície dos dentes com curetas finas para o que a raiz da gengiva esteja mais firme, que são limpas e lisas para evitar a perda de dentes e problemas de sensibilidade. O procedimento torna mais difícil o acúmulo de placa ao longo das superfícies de raiz". Caso o processo não seja suficiente para curar as gengivas, é por vezes combinado com um outro procedimento, chamado escamação.

Escarnação

De acordo com Jeffrey Wissot, D.D.S., da Califórnia, e diretor de operações dentárias em dentistry.com: "Um quarto ou metade da boca é anestesiado para que o higienista possa confortavelmente raspar abaixo da gengiva. Isso é chamado de escarnação e é semelhante a remover as escamas de um peixe. O procedimento pode ser realizado por um dentista, um higienista ou periodontista (especialista em gengivas), utilizando instrumentos manuais ou instrumentos de vibração de ultrassons para soprar os depósitos dos dentes ". Este procedimento não resulta em uma superfície dentária lisa, de modo que muitas vezes é emparelhado com alisamento radicular. Gengivas aderem mais facilmente a uma superfície lisa. Além disso, uma superfície lisa torna mais difícil para a placa fixar-se.

Recuperação

Após o alisamento radicular e escarnação, a boca ainda precisa se curar. Os dentes podem ficar sensíveis ao calor e ao frio por um tempo. O sangramento e inchaço das gengivas podem permanecer até que o tecido tenha tempo para se reparar totalmente. Uma vez curado, pode começar a aderir aos dentes de novo. Com uma área limpa abaixo das gengivas e um selo apertado na linha delas, as bactérias não podem causar danos de forma tão eficaz. No entanto, a higiene oral ainda é imprescindível para evitar que a condição se desenvolva novamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível