Como preparar uma cabaça para artesanato

Escrito por jonita davis | Traduzido por fatima mesquita
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como preparar uma cabaça para artesanato
A cabaça ou porongo (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

A cabaça tem muitos usos. No passado, era muito comum entre as tribos da África e da América do Sul e ainda hoje ela é utilizada como instrumento, recipiente e objeto decorativo. A cabaça é mesmo muito versátil e só requer um pouco de preparo. Aliás, não importa se ela está ainda no pé ou já curada e lixada: há etapas que precisam mesmo serem seguidas para prepará-la para o artesanato. E quando você terminar com estas instruções, ela com certeza estará no ponto para qualquer projeto que você tenha em mente.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Água sanitária (cândida)
  • Primer
  • Verniz de madeira
  • Bucha de cobre
  • Papel-lixa de grão fino

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Quando a cabaça estiver madura, corte-a bem no ponto em que ela se encontra com a trepadeira que, a esta altura, deve estar começando a ficar marrom. É importante cortá-la na hora certa (nem antes nem depois), e colocá-la em um local seco e arejado. Uma cabaça que não esteja madura vai apodrecer durante o processo de secagem. Há também quem a deixe no pé para secar, acreditando, inclusive, que isto acelere o processo. Se você escolher este método, lembre-se apenas de não perturbar a cabaça, deixando-a secar naturalmente. E, de um jeito ou do outro, prepare-se para esperar por meses até que ela seque.

  2. 2

    Você pode limpar a cabaça seguindo dois métodos diferentes. Pode fervê-la por 20 minutos e depois deixá-la secar por 24 horas e aí lixar a membrana externa. Ou pode colocá-la em água morna com sabão e esfregar a parte externa com uma bucha de cobre. Ao final, enxágue e dê um banho na peça usando uma pequena quantidade de água sanitária para manter o mofo longe. E, então, deixe que ela seque durante a noite.

  3. 3

    Envernize a parte externa da cabaça se você tiver planos de que ela fique ao ar livre. Projetos como casas para passarinho ou vasos para plantas ficam expostos aos elementos externos e, portanto, não vão durar muito. Aplique o verniz por dentro e por fora para aumentar a vida útil do item. O melhor método é afundar a cabaça no verniz. E não se preocupe porque você poderá decorá-la por cima do verniz.

  4. 4

    Passe um primer na cabaça se você tiver a intenção de pintá-la. Sua superfície não absorve a tinta bem, deixando a cor meio apagada e sem graça. Use um primer para que as cores possam manter o seu brilho. Basta apenas uma demão.

  5. 5

    Siga adiante com o seu projeto. A cabaça já deve estar endurecida, protegida e com uma camada de primer, e você pode começar a colocar suas ideias em prática. Nesta altura, a cabaça está pronta para ser furada com uma furadeira, colada com cola quente, pintada, cortada e lapidada como você bem quiser.

Dicas & Advertências

  • Apesar da crença popular, não há meio seguro de acelerar o processo de secagem. Se quiser secá-la depressa, compre uma que já esteja seca.
  • Mofo não significa apodrecimento, especialmente se a cabaça está mantendo o seu formato. Não raspe o mofo, porque ele deixará uma marca característica quando a peça estiver seca. Além disso, o mofo simplesmente reaparecerá.
  • Envernize a cabaça mesmo se você quiser usá-la apenas dentro de casa. Isto a protegerá da umidade.
  • Não raspe a cabaça enquanto ela estiver secando. Isto aumenta a possibilidade de apodrecimento e às vezes torna a casca fina demais.
  • Seque a cabaça em um ambiente interno por sua conta e risco, porque ela tende a feder durante o processo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível