Alimentação

Como preparar um caruru

Escrito por pedro santos
Como preparar um caruru

De origem africana, o caruru foi adaptado para virar prato típico da Bahia

Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images

A culinária baiana é rica na diversidade de opções e sabores. Muitas das receitas desenvolvidas na Bahia são adaptações vindas sobretudo da cultura portuguesa, indígena e africana. Esse é o caso do caruru, hoje considerado um prato típico do Brasil. O caruru foi trazido pelos escravos africanos, que consumiam a receita em rituais de candomblé. Originalmente, o caruru era uma espécie de refogado de ervas. Na Bahia, a receita foi incrementada basicamente com a mistura de quiabo, pimenta-malaqueta, camarão e óleo de dendê. Confira as principais dicas para preparar essa saborosa iguaria da gastronomia baiana.

Nível de Dificuldade:
Moderada

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 1 kg de camarão cinza já limpo, seco e moído
  • 1 kg de quiabo
  • 2 cebolas médias raladas
  • 4 dentes de alho amassados
  • 2 maços de cheiro-verde
  • 200 g de castanha de caju moída
  • 200 ml de azeite de dendê
  • 1 xícara (chá) de suco de limão
  • 4 xícaras (chá) de água quente
  • Sal a gosto
  • Pimenta a gosto

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Para começar a preparar o tradicional caruru, lave muito bem os quiabos. Tire a cabeça e a ponta dos quiabos e depois corte-os em formato de cruz. Então, deixe de molho em uma bacia com o suco de limão por aproximadamente 15 minutos.

  2. 2

    Agora será preciso escaldar o quiabo, ou seja, tirar a gordura extra, também conhecida como baba. Para isso, coloque os quiabos em uma panela com água fervente por aproximadamente um minuto. Em seguida, tire da água, coe e reserve.

  3. 3

    Enquanto isso, aqueça o azeite de dendê em uma panela grande. Em seguida, adicione os camarões já moídos, duas cebolas médias raladas, o alho e a castanha de caju. Por fim, coloque o sal a gosto e refogue.

  4. 4

    Chegou a hora de adicionar o quiabo à mistura da panela. Então cubra com água quente e mexa bem.

  5. 5

    Quando a mistura estiver com um aspecto consistente e o quiabo começar a ficar rosado, é hora de tirar do forno. Pronto. O autêntico caruru baiano está no ponto. Adicione pimenta a gosto e sirva quente. Bom apetite.

Dicas & Advertências

  • Para acompanhar o caruru, experimente arroz branco (ou integral), vatapá e feijão fradinho com farofa de dendê.
  • De acordo com a superstição baiana, é comum colocar sete quiabos inteiros no caruru na festa de São Cosme e São Damião.
  • Durante o cozimento do caruru, você pode adicionar pitadas de suco de limão para deixar a receita com um gosto especial.
  • Não deixe de retirar a baba do quiabo, já que esse elemento pode comprometer o gosto final da receita.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media