Mais
×

Como preparar um bom curriculum

Um bom currículo é como um cartão de visita que atesta as qualidades e os conhecimentos do candidato. O termo vem de curriculum vitæ, palavra em latim para "trajetória de vida". Muitas vezes, nós até possuímos boas experiências de trabalho mas não conseguimos expressar todas as informações no papel. O que fazer nesse caso? O primeiro passo para preparar um bom currículo é selecionar as melhores experiências e aptidões. Afinal, nem sempre todas as informações profissionais são úteis para conquistar aquela vaga que tanto desejamos. Confira essa e outras dicas para apresentar um ótimo currículo e alçar grandes voos na carreira.

Instruções

Um bom currículo serve como um cartão de visita profissisonal (Creatas Images/Creatas/Getty Images)
  1. O segredo para um bom currículo encontra-se na objetividade das informações apresentadas. Ser sucinto e direto é uma qualidade que muitos candidatos costumam desprezar. Portanto, comece refletindo sobre os pontos principais de sua trajetória profissional.

  2. A primeira etapa do currículo deve ser destinada aos dados pessoais. Coloque seu nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade e telefone celular. Não se esqueça do e-mail. Destaque seu nome em uma fonte maior em negrito.

  3. O segundo tópico é destinado ao objetivo profissional do candidato. Sempre em tom formal, descreva em poucas linhas o nome da empresa e o cargo de interesse.

  4. Na terceira etapa do currículo, coloque sua formação acadêmica. Adicione apenas os pontos mais relevantes como o último grau de escolaridade e títulos acadêmicos como pós-graduação, cursos técnicso ou MBA. A descrição deve ser básica. Coloque apenas o nome da instituição e o ano de conclusão do curso ou previsão de término.

  5. A principal parte do currículo é a experiência profissional do candidato. Coloque as informações em ordem decrescente, com seus trabalhos mais recentes ao mais antigos. Basta colocar o nome da empresa, o cargo, o mês e ano de entrada e saída. Se preferir, adicione uma linha com suas principais atribuições e responsabilidades, embora muitas vezes esses dados sejam subentendidos no título da função.

  6. Reserve um pequeno espaço para cursos complementares de curta duração ou workshops. Abaixo, coloque seu conhecimento de idiomas indicando seu status - básico, intermediário, avançado ou fluente.

  7. A última etapa do currículo é opcional e depende do tipo de cargo almejado. É o espaço para categorizar seus conhecimentos de informática indicando o tipo de programa e o nível de conhecimento (básico, intermediário, avançado).

Dicas

  • Pense em um currículo como uma oportunidade de ser chamado para uma entrevista profissional. Assim, o documento deve ser o mais sucinto e breve possível. Evite passar de uma página. Ou uma e meia no máximo. Saiba que outros pontos relevantes podem ser aproveitado na hora da entrevista.
  • A menos que o empregador exija, não anexe uma foto junto com o currículo. Se for enviá-lo pela internet, envie o arquivo PDF.

Aviso

  • Evite contar qualquer tipo de mentiras em seu currículo. Com a democratização de informação em tempos digitais, as mentiras descobertas certamente contarão contra o candidato.
  • Nunca coloque o título "currículo vitae" ou "currículo". A melhor apresentação é com seu nome seguido de seus dados pessoais.

O que você precisa

  • Dados pessoais
  • Objetivo profissional
  • Formação acadêmica
  • Experiência profissional
  • Cursos complementares
  • Idiomas
  • Noções de informática.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article