Como prevenir convulsões

Escrito por alicia bodine Google | Traduzido por tamara prado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como prevenir convulsões
Como prevenir convulsões (3D Brilliant Writer Holding A Pencil Concept image by Scott Maxwell from Fotolia.com)

Convulsões são resultados de correntes elétricas no cérebro. Elas são diagnosticadas após uma crise ou pela Eletroencefalografia (EEG). Não há necessidade de tentar evitar convulsões se você nunca teve qualquer sintoma. Mas, depois de ter tido algum sintoma, é importante fazer todo o possível para evitar o aparecimento de novas convulsões.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Medicamentos
  • Dieta
  • Cirurgia
  • Eletroencefalografia (EEG)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Tome os medicamentos indicados. Estes são usados ​​para evitar novas convulsões. As drogas demoram um tempo para entrar na corrente sanguínea do paciente e pode levar até duas semanas para se tornar eficaz. Se apenas um medicamento não está impendindo as convulsões, será necessário tomar outros. Essa é a forma mais comum de tratamento de convulsões.

  2. 2

    Experimente a dieta cetogênica. Esta dieta é rica em fibras e pobre em proteína. É uma dieta rigorosa, e não é permitido sair dela nem mesmo por uma refeição. Ela tem se mostrado eficaz em 50% das crianças diagnosticadas com convulsões. É necessária uma estadia no hospital e, em seguida, mantê-la em casa. Fazer essa dieta pode prevenir a ocorrência de convulsões.

  3. 3

    Uma cirurgia. Este é um último recurso na prevenção de crises. É uma operação perigosa que deve ser feita no centro médico de um hospital. A cirurgia remove a parte do cérebro que está causando as convulsões. Não é sempre bem sucedida e pode afetar a fala, a visão e a memória.

  4. 4

    Agende check-ups de rotina com o seu neurologista. O neurologista pode lhe dar um encaminhamento ao EEG para ver se os ataques estão ficando sob controle. Isso dará ao neurologista uma idéia de quanta medicação é necessária, e se a dose deve ser aumentada ou diminuída.

Dicas & Advertências

  • Aqui está uma lista de medicamentos para convulsões: Topamax, Carbamazepina, Tegretol, Tegretol XR, Carbatrol, clonazepam, Klonopin, etossuximida Zarontin, felbamato, Felbatol, lamotrigina, Lamictal, levetiracetam, Keppra, oxcarbazepina, Trileptal, fenobarbital; fenitoína, Dilantin, Phenytek, primidona, Mysoline, tiagabina, Gabitril, valproato, Depakote, Depakene, zonisamida, Zonegran
  • A maioria das convulsões em si não são perigosas. O perigo surge quando uma pessoa cai quando a crise acontece. Alguns indivíduos podem cair e quebrar um osso, bater a cabeça, ou morder a língua. Eles também podem se engasgar se estiverem no meio de uma refeição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível