Como prevenir o desenvolvimento do joanete

Escrito por marianne mullins | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como prevenir o desenvolvimento do joanete
A intervenção precoce pode prevenir o surgimento do joanete (foot, toes, sky image by Katrina Miller from Fotolia.com)

Os joanetes são as reclamações mais comuns reportadas aos podólogos, de acordo com Paul Langer, com doutorado em podologia. Se não for apropriadamente tratado nos estágios iniciais de desenvolvimento, um joanete (Hálux valgo) pode progredir para uma dolorosa e debilitante condição para o pé. Uma intervenção antecipada ajuda a prevenir futuros desenvolvimentos de joanetes ou dores do joanete e a necessidade de uma cirurgia, a bunionectomia.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Prevenção

  1. 1

    Os joanetes se desenvolvem ao longo do tempo, e às vezes sem dor, então olhe para os sinais físicos de um joanete. Os sintomas precoces incluem a inclinação do dedão do pé em direção aos dedos menores, inflamação com vermelhidão e um calombo na base da junta do dedão, e outras deformidades como dedão contraído e lesões nas juntas dos dedos dos pés.

  2. 2

    Identifique a severidade do joanete previamente para tratar usando a escala Manchester, que mede o desvio padrão na junta metatarsofalângica (MTP na sigla em inglês) em relação ao dedão. Essa escala consiste em fotografias padronizadas dos pés em quatro graus de Hálux valgo: nenhuma - a deformidade é menor do que 20 graus; leve - a deformidade é entre 20 e 30 graus; moderado - a deformidade é entre 30 e 50 graus; severo - a deformidade é maior do que 50 graus.

  3. 3

    Intervenha imediatamente se a deformidade é leve (menor do que 30 graus) usando uma tala flexível e exercitando os pés diariamente. Usar uma tala para o joanete estabiliza o arco do metatarso e puxa o dedão para longe dos dedos menores, preferencialmente enquanto andar, assim a correção do joanete ocorrerá através da amplitude do movimento. De acordo com Dynamic Chiropractic, um pé que está desenvolvendo um joanete deve ter um bom apoio para o arco plantar medial longitudinal e permitir a flexão da primeira junta do metatarso enquanto andar. A Sociedade Americana Ortopédica de Pés e Tornozelos (American Orthopaedic Foot and Ankle Society em inglês) recomenda frequentes e simples exercícios para os pés para evitar enfermidades como o joanete.

  4. 4

    Consulte um médico previamente antes de usar uma tala para joanete se o grau de severidade for moderado. Para ajudar a aliviar a dor, use suportes para a arca dos pés para estabilizar os ossos metatarsais e uma almofada metatarsal para redistribuir a pressão para longe do joanete quando usar sapatos.

  5. 5

    Se o joanete é severo, consulte um médico sobre os vários tipos de cirurgia e os riscos associados. Se a cirurgia do joanete (bunionectomia) for feita, use uma tala para joanete na reabilitação pós cirurgia, e periodicamente, ajudam a prevenir a recorrência dos joanetes.

Dicas & Advertências

  • A Sociedade Americana Ortopédica de Pés e Tornozelos não recomenda o uso de sapatos de bico fino e saltos altos, pois eles apertam os dedos dos pés e aumentam a pressão no dedão, significantemente contribuindo para o desenvolvimento do joanete. Usar sapatos arredondados com saltos de no máximo 2 ou 3 cm de altura é essencial para prevenir o aparecimento do joanete, independente do grau de severidade.
  • Se você for usar uma tala para joanete, ela deve ser fabricada com um material resistente à fadiga que pode suportar peso e permitir flexibilidade no dedão. Caso contrário, há um alto risco da tala rachar.
  • Os diabéticos devem evitar usar as talas devido à possibilidade de constringir a circulação sanguínea.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível