Problemas no Mercedes-Benz SLK Supercharger

Escrito por john willis | Traduzido por allisson ester de paiva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Problemas no Mercedes-Benz SLK Supercharger
A luz do motor no painel pode ter vários significados, de acordo com o código de problema de sua Mercedes-Benz (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

O popular roadster SLK da Mercedes-Benz possui uma variedade de pacotes de opcionais, incluindo o SLK Kompressor, que é equipado com um motor com compressor. O SLK é um roadster muito desejado com performance excelente. Enquanto os modelos mais novos estão provavelmente sob a garantia ou livres de problemas, o tempo e uso afetam o carro. O site Edmonds.com avalia os modelos de 2001 a 2004 com sua nota geral máxima, indicando "problemas mínimos". Entretanto, os modelos de 2001 a 2004 receberam nota média para motor, indicando "problemas moderados". A avaliação do site para o motor do modelo 2005 Kompressor melhorou para "problemas mínimos", se igualando à avaliação geral.

Outras pessoas estão lendo

Compressores

O nome Kompressor indica um motor com compressor, ou um motor com aspiração forçada e comprimida. Compressores são um dos vários métodos, junto com aspiração e turbo-compressores, para dar cavalos adicionais por pressurização do gás ou ar, forçando-o de volta ao motor. Nem todos os SLKs possuem compressores, "Kompressor" é usado pela Mercedes de modo sinônimo com "compressor".

Sensor de fluxo de massa de ar - Checar a luz do motor

O problema mais comum com as SLKs é o sensor de fluxo de massa de ar ou, em Inglês, MAF. Ele é um sensor localizado alinhado entre a caixa de ar e a mangueira de entrada de ar. O sensor manda informação para um computador de bordo, dizendo a ele quanto ar está entrando no motor. O site Edmonds.com indica que o MAF é um "problema ocasional" em vários anos e modelos de Mercedes SLKs.

Custo do conserto

O site Edmonds.com relata o custo para reparo do sensor MAF. Apesar de variar um pouco de ano para ano, os custos estão entre R$ 600 e R$ 950, aproximadamente, para a troca do MAF. A mão-de-obra fica em torno de R$ 55. As estimativas para trocar o sensor variam entre R$ 600 na SLK320 e R$ 952 na SLK230. O tempo e custo exigidos para testar a SLK e diagnosticar o problema não estão incluídos nos valores do Edmond.com.

Códigos DTC

Como todo carro moderno, os Mercedes SLK Kompressors tem sensores a bordo e computadores que geram códigos quando peças e sensores do sistema falham. Chamados "DTC", ou "Códigos de diagnóstico de problemas", eles geram avisos internamente que farão com que sua luz de checagem do motor fique acessa. Se você suspeita de qualquer problema com seu SLK Kompressor, incluindo o compressor, você pode ter seu carro checado com uma ferramenta de escaneamento que recupera os códigos DTC. Geralmente, auto peças terão o Scanner para ajudá-lo a identificar seu problema. Mesmo se você tiver um mecânico profissional para trabalhar em seu veículo, adquirir o código DTC independentemente permite que você acesse fóruns SLK e consiga conselhos para ter a certeza de que seu mecânico está no caminho certo, e que você está recebendo um tratamento justo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível