Problemas de pele nas axilas

Escrito por angel eyes | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Problemas de pele nas axilas
Problemas na axila podem ser constrangedores (Pixland/Pixland/Getty Images)

Muitas pessoas não estão cientes dos problemas de pele associados às axilas. Alguns problemas podem não ser preocupantes, mas outros podem ser desagradáveis e causar constrangimento. Alguns dos problemas que ocorrem frequentemente são protuberâncias na axila, sudorese, erupções, escurecimento da região e verrugas. Alguns desses problemas podem ser facilmente resolvidos com alguns tratamentos.

Outras pessoas estão lendo

Protuberâncias na axila

As protuberâncias são tumores benignos inofensivos. Mulheres que tenham esse problema devem ter muito cuidado ao raspar as axilas. Elas costumam se formar em grupos, dificultando a depilação. Essas bolinhas podem ser lesionadas ou inflamadas e até mesmo serem raspadas sem querer, o que pode causar sangramentos. Elas podem ser removidas, mas não há necessidade disso. Podem ser cauterizadas com electrólise, congeladas com nitrogênio líquido ou cortadas com um bisturi. Também podem ser removidas através do bloqueio do fluxo de sangue.

Sudorese

A sudorese pode ser uma condição chamada hiperidrose, causada por um transtorno nas glândulas sudoríparas ou pelo mal-funcionamento do sistema nervoso simpático. Outras razões para o suor excessivo são ansiedade e obesidade. A hiperidrose axilar é uma condição que afeta as axilas. Elas suam muito e chegam a pingar. Isso também causa um odor constante e os desodorantes não funcionam com essa condição. Tratamentos mais agressivos podem ser usados, como as injeções de botox ou cirurgias.

Erupções nas axilas

Como existem muitas glândulas sudoríparas nas axilas, pode haver uma inflamação no folículo capilar. Essa inflamação consiste em uma combinação de pus e tecido morto. Em casos mais graves, essas inflamações podem se tornar abcessos. Quando isso ocorre, precisam ser drenados e você pode precisar tomar antibióticos para se livrar da infecção. Essas inflamações podem ser causadas pelo uso de desodorantes, detergentes ou lâminas de barbear. Essa condição é conhecida por dermatite por contato irritante.

Escurecimento da axila

Para algumas pessoas, o uso de aparelhos de barbear pode escurecer a axila. Ao raspá-la, você corta os pelos muito junto à pele ou logo abaixo de sua superfície. Se a cor do pelo for mais escura que a da pele, as axilas podem ficar escurecidas por causa dos pelos. A melhor maneira de acabar com esse problema é arrancar os pelos ou fazer depilação com cera. Isso eliminará as raízes dos pelos de forma que eles não sejam visíveis da superfície da pele. A descoloração também pode ser ocasionada devido às células mortas que se aglomeram nas minúsculas dobras da pele. A melhor forma de tratar disso é esfoliar a pele com um produto que contenha ácido lático. Outra causa do escurecimento das axilas é conhecida por acanthosis nigricans. Isso ocorre especialmente em pessoas obesas, apesar de também poder ocorrer devido ao uso de medicamentos. O escurecimento da pele também pode ser causado por uma bactéria conhecida como eritrasma, que ocorre principalmente em pessoas obesas e que tenham diabetes.

Verrugas na axila

É comum a ocorrência de verrugas em qualquer parte do corpo. Elas costumam ser benignas, mas também podem se tornar um melanoma. Elas não podem ser maiores do que a borracha de um lápis e podem ter qualquer cor, formato ou tamanho. Se uma verruga ficar maior, coçar ou ficar dolorida ou irritada, marque uma consulta com seu médico. Pode ser o início de um câncer de pele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível