Problemas de pele em Pit Bulls

Escrito por jack rella | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Problemas de pele em Pit Bulls
Pit bulls têm uma tendência maior a problemas de pele (pit bull dog image by Danuta Kania from Fotolia.com)

Pit bulls são mais propensos a problemas de pele que não são comuns em outros cães. Donos de cachorros dessa raça reclamam com frequência de problemas recorrentes, como erupções na pele, urticárias e coceira persistente. Essas condições podem significar desde problemas moderados de coceira a casos mais severos, nos quais a coceira muito forte pode levar a hematomas que exigem cirurgia. A chamada "raça azul" de pit bulls é conhecida por ter problemas de pele especialmente incômodos, causados por uma tendência a um problema autoimune.

Outras pessoas estão lendo

Teorias

A raça "azul", assim como os pit bulls que possuem a pele cor de creme ou chocolate, são conhecidos por serem mais propensos a problemas de pele. Parece não haver uma causa para esse fenômeno, embora muitas pessoas digam que o pigmento na pele pode ser um fator. De acordo com muitos criadores de cães, como aqueles no Dalton Blue Pit Kennel, em Georgia (EUA), essa tendência é comum entre os tipos azuis de todas as raças de cachorros, ainda que não possa ser atribuída a uma razão específica.

Tipos de problemas de pele

De acordo com a Sociedade Americana para Prevenção de Crueldade a Animais, o problema de pele mais comum entre os pit bulls são alergias sazonais. Não se sabe se elas são associadas com alérgenos comuns no ar, ou talvez mudanças anuais no crescimento da pele, como a queda de pele no verão, mesmo que o fenômeno tenha sido documentado por vários donos de pit bulls. A alergia faz com que o cachorro se coce muito, geralmente a ponto de remover a pele e causar infecções. Isso pode levar a condições mais sérias se não for tratado.

Outros tipos de problema de pele

Cães de pelo curto, como pit bulls, geralmente possuem uma tendência a desenvolver pele seca. Consequentemente, eles desenvolverão pontos em sua pele que se inflamam e causam coceira extrema. O cachorro irá coçar essas áreas continuamente até que remova completamente a pele, deixando-a em carne-viva ou feridas expostas ao ar. Isso também pode levar a maiores problemas de saúde.

Mais problemas de pele

Por causa da sensibilidade da pele de pit bulls, eles podem ser especialmente sensíveis a picadas de insetos, como abelhas e pulgas. Eles também são mais sensíveis a produtos químicos, e muitos donos reportaram a necessidade de trocar não apenas sabonetes e outros produtos que entram em contato direto com o animal, mas também outros produtos usados na casa que contém certas substâncias químicas que podem irritar a pele do pit bull. Não há uma consistência nos tipos de químicos que mais afetam o cachorro.

Conclusões

Como os pit bulls parecem ter reações mais adversas a problemas de pele do que muitas outras raças, os veterinários frequentemente recomendam manter um estoque de amaciante de pele ou outro creme que possa ser aplicado no cachorro regularmente. Muitos donos recomendaram o Skin So Soft como um tratamento eficaz para a pele, devido aos seus efeitos médicos e hidratantes. Se você pretende aplicar qualquer produto à pele do seu pit bull, teste-o em uma pequena área antes de passar por todo o corpo do animal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível