Problemas de posição do sensor do acelerador GM

Escrito por richard rowe | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Problemas de posição do sensor do acelerador GM
Problemas de posição do sensor do acelerador GM (Image by Flickr.com, courtesy of Mike Licht)

O sensor de posição do acelerador é um dos componentes mais importantes de qualquer sistema de injeção de combustível depois do computador e injetores de combustível. Os sensores da GM têm sido tradicionalmente terceirizados para fabricantes no exterior, os mesmos que fornecem sensores de posição do acelerador para outras marcas como Ford e Toyota. Como tais, não são menos confiáveis ​​do que quaisquer outros, mas acabarão falhando com o tempo.

Outras pessoas estão lendo

Função e localização

Sensores de posição do acelerador (SPA) geralmente estão localizados na válvula de borboleta grande que controla o fluxo de ar para dentro e para fora do motor, chamado de corpo da borboleta. Esses sensores se conectam diretamente ao eixo da válvula, onde esta se destaca do corpo do acelerador informa ao computador o quanto o acelerador foi acionado. Esta informação é crucial no controle da proporção de ar/combustível .

Válvula inconsistente

O primeiro e mais revelador sintoma de falência em um SPA é uma inconsistência no sobe e desce da válvula ou uma RPM muito alta ou baixa. Esta condição pode ser suficiente para causar travamento ou fazer com que os pneus deslizem quando a transmissão é engatada. Pode ser difícil diferenciar entre um SPA falho e uma válvula controladora de ar (VCA) obstruída ou em mal funcionamento, portanto testar a parte elétrica e a limpar a VCA é recomendado.

Motor falhando

Como mencionado, um SPA falho pode resultar em um motor parando aleatoriamente em marcha lenta, mas isso também pode acontecer durante a condução. Na maioria das vezes, ocorrerá em freagens bruscas, pois o computador assume a operação normal e continua a despejar grandes quantidades de combustível quando a borboleta de aceleração está fechada. Se a desaceleração é lenta o suficiente, o computador pode ser capaz de manter a relação de ar/combustível adequada, utilizando dados do sensor de oxigênio, mas a eficácia desta abordagem varia de veículo a veículo.

Transmissão errática

Transmissões são programadas para aumentar a firmeza e a média de RPM em que a transmissão muda de acordo com as exigências de aceleração. Um carro com o câmbio muito duro e em alta rotação sob condições normais de condução pode ser uma falha no SPA, assim como um que acelera lentamente e troca para marcha baixa quando o pedal do acelerador é acionado.

SPA mal ajustado

Se os sensores de SPA da GM têm falhas de fábrica há uma tendência a se desajustarem. Embora isso possa acontecer com qualquer carro, muitos donos de GMs relataram essa falha. O SPA deve ser ajustado (rotado) para que leia as posições ociosas e de máxima aceleração corretamente ou pode parecer que está funcionando mal. Tente ajustar o SPA antes de substitui-lo para economizar dinheiro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível