Os problemas e riscos da bioperina

Escrito por sarah moll | Traduzido por aline cortez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os problemas e riscos da bioperina
Extrato de pimenta-do-reino (black pepper macro image by laurent dambies from Fotolia.com)

A bioperina é um suplemento fitoterápico que contém piperina, um extrato da pimenta-do-reino que é responsável por seu sabor acre. A piperina tem um histórico de uso em técnicas medicinais antigas e tradicionais.

Outras pessoas estão lendo

Como a piperina funciona

Foi relatado que a piperina, o ingrediente principal da bioperina, é um inibidor do metabolismo das drogas. Isso significa que ela impede o fígado de decompor certas drogas, forçando-as a permanecer no corpo por mais tempo e aumentando, assim, a absorção e os efeitos de algumas medicações e suplementos. A piperina pode ajudar o organismo a consumir mais nutrientes, tanto originários de remédios quanto de alimentos.

Problemas

Os efeitos colaterais mais comuns da piperina incluem problemas gastrointestinais como náusea, vômito e diarreia. Em estudos sobre a bioperina, esses efeitos foram relativamente leves. Consumir grande quantidade de pimenta-do-reino pode irritar o estômago e provocar azia. A piperina em pó pode ser nociva se entrar em contato com os olhos, pois causa irritação. Se inalada, ela pode causar irritação nos pulmões.

Problemas reprodutivos

Nenhum estudo a longo prazo foi realizado em seres humanos, contudo, um estudo em ratos feito no Agharkar Research Institute, em Puna, Índia, mostrou que a piperina pode interferir na fertilidade. A substância pode levar as fêmeas a terem ninhadas menores e interferir na produção de esperma dos machos. Esse achado foi replicado em outros estudos. Entretanto, é difícil saber como a piperina afeta os ciclos reprodutivos humanos, já que não houve estudos a esse respeito.

Suplementos fitoterápicos

Como no caso de qualquer suplemento fitoterápico, fale com um médico sobre a possibilidade de interação com outros suplementos ou medicações. Como a piperina pode afetar a maneira como o corpo usa e absorve certas substâncias, é provável que ela interfira na atuação de outros suplementos ou drogas. As regulamentações da Administração Federal de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) para suplementos fitoterápicos são mais flexíveis do que para medicamentos sujeitos à receita médica; não é necessário provar que suplementos são seguros e eficazes antes de serem postos à venda.

Sem dados a longo prazo

Consulte um médico para ajudar a decidir se a bioperina é um tratamento útil e seguro. Em estudos a curto prazo com humanos e alguns estudos com animais, demonstrou-se que a piperina oferece riscos mínimos, porém é difícil saber se o uso a longo prazo não apresenta efeitos adversos. Caso decida consumir a substância, use-a por um curto período de tempo até que mais estudos sejam feitos sobre seus efeitos a longo prazo em humanos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível