Mais
×

Problemas de saúde em cães com pelagem azulada

Atualizado em 20 março, 2018

Cães com "pelagem azul" têm os níveis de cor preta em suas pelagens diluídos em vários graus, o que confere uma cor cinza carvão ou prata ao animal. Essa é uma característica genética ligada à melanofilina que pode afetar apenas um filhote ou a ninhada inteira. Muitas raças são mais afetadas por essa características. Embora uma pelagem azulada possa ser uma cor linda para o seu cão, você deve se preocupar com problemas de saúde específicos.

As pelagens azuis são, na verdade, um cinza-carvão diluído (Heeler Pup 14 image by Lee O'Dell from Fotolia.com)

Identificação

A coloração azulada é a mais rara entre as pelagens de cães, de acordo com o Canine Breeds. Embora essa característica genética faça com que o cão "nasça azul", a pelagem não se manifesta até que ele se torne um adulto. Os pelos azuis vêm em quatro padrões de cores: azul diluído, prateado progressivo, azul acentuado e azul-merle. O azul diluído aparece como um azul acinzentado metálico em uma pelagem marrom ou preta. O prata progressivo acontece quando um filhote nasce preto e, conforme cresce, a cor muda para azul-acinzentado. O azul acentuado é preto no branco, dando ao cão uma cor azul marinho. O merle é um padrão de cor que parece um cinza marmorizado no cão. Os cães da cor merle também podem ter olhos azuis e nariz preto.

Significado

O significado da pelagem azul remete à base genética da coloração. A cor é determinada pela quantidade de melanina no corpo do cão. A eumelanina é responsável pelas cores pretas e escuras na pelagem do animal. Para alguns cães, o significado da mutação da cor não é nada além de uma pelagem única. Para raças registradas, os pelos azuis podem resultar em uma desqualificação do animal nos registros. Para outras, a pelagem azul pode levar a certas preocupações com a saúde.

Preocupações com a saúde

Dois problemas de saúde maiores podem surgir em cães com pelagem azul. O primeiro é uma condição referida como alopecia de diluição de cor, que resulta em perda de pelos e inflamação crônica da pele. Essa condição também é conhecida como displasia folicular de pelos pretos por conta da aglutinação dos folículos, que se tornam fracos e quebradiços. Uma segunda condição, mais séria, afeta os filhotes de collie. Ela é chamada neutropenia acíclica e é um distúrbio do sistema imunológico. Os filhotes não são capazes de combater a infecção e podem morrer dentro das primeiras semanas de vida.

Diagnóstico

O veterinário diagnosticará os problemas de saúde com base em exames físicos e exames microscópicos dos folículos. Com base na cor incomum da pelagem e na perda de pelos, o veterinário recolherá amostras ou fará uma biópsia da pele para diagnosticar a alopecia de diluição de cor. Com a neutropenia acíclica em collies de pelagem azul, os filhotes são geralmente menores que o resto da ninhada. Dentro de 12 semanas, eles devem demonstrar sinais de problemas imunológicos, como diarreia, febre, sinais de artrite e infecções respiratórias ou na pele. O veterinário pode fazer um exame genético para diagnosticar essa condição.

Tratamento

Cães com esses problemas de saúde precisarão de uma série de cuidados pela vida inteira. Os que sofrem de alopecia de diluição de cor devem precisar de tratamentos especiais para hidratar e fortalecer as pelagens. Os antibióticos também ajudam a prevenir que irritações na pele se desenvolvam como infecções mais sérias. Os filhotes de collie com neutropenia acíclica devem ser mantidos em um regime de antibióticos durante toda a vida para dar suporte às deficiências do sistema imunológico oriundas da condição.

Prevenção

Como essa é uma característica transmitida geneticamente, a melhor prevenção para os problemas de saúde resultantes dos genes de pelagem azul é a procriação seletiva. Algumas raças são aceitas com pelagens azuis como cor reconhecida. Essas raças incluem os boiadeiros australianos, os bearded collies, os galguinhos italianos e os thai ridgebacks. Outras raças são desqualificadas para registro por terem pelagem azul, vista como um defeito no animal, incluindo dobermans e weimaraners.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article